Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Traficantes ignoram UPP e fecham comércio de Vila Isabel

Toque de recolher foi determinado como sinal de luto pela morte de um traficante da região; polícia reforçou a segurança no local nesta quinta-feira

Traficantes do Morro dos Macacos, favela da Zona Norte do Rio pacificada desde 2010, desafiam a polícia determinando o fechamento do comércio local pelo segundo dia consecutivo. A interdição, que se estende por algumas ruas do bairro de Vila Isabel, ocorre em sinal de luto pela morte de Jorge Araújo Vieira, o Bebezão, de 35 anos. Nascido na favela, a polícia acredita que Bebezão tenha sido baleado durante uma tentativa de assalto a um carro-forte na Avenida Brasil.

Bebezão foi gerente do tráfico de drogas do Morro dos Macacos, mas fugiu da favela após a implantação da Unidade de Polícia Pacificadora. Ele é acusado de derrubar um helicóptero da PM, em 2009. O Disque-denúncia oferecia mil reais por informações que levassem a sua prisão.

Escolas próximas ao Morro dos Macacos receberam poucos alunos nesta quinta, e nem serviços de tele-entrega de farmácia estão sendo autorizados. Quem tenta furar a proibição acaba sendo abordado por homens armados. A polícia reforçou a segurança no local, mas a medida não foi suficiente para intimidar os traficantes.

Mangueira – Essa não é a primeira vez que o tráfico ignora uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Em fevereiro, traficantes da Mangueira, também pacificada, ordenaram o fechamento do comércio nas ruas próximas à comunidade. O objetivo era homenagear o traficante Acir Ronald Monteiro da Silva, conhecido como 2K. O criminoso havia sido morto no Recreio dos Bandeirantes.

Leia também:

Mesmo com UPP, bandidos fecham comércio na Mangueira

Bandidos roubam arma e celular de policial militar na UPP da Mangueira