Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Traficantes e policiais militares trocam tiros na Rocinha

Criminosos atacaram policiais da UPP durante patrulhamento de rotina na parte alta da favela. Na última sexta-feira, um soldado foi baleado no rosto e nas mãos

Por Da Redação 4 dez 2013, 18h33

Traficantes atiraram contra policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha no início da tarde desta quarta-feira. Os militares faziam patrulhamento de rotina na parte alta da favela, na Zona Sul do Rio, quando foram atacados. De acordo com a assessoria da UPP, os militares reagiram, mas o confronto não deixou feridos.

Na última sexta-feira, um soldado da UPP da Rocinha foi surpreendido por traficantes armados com fuzis durante patrulhamento no Beco do Máscara, na parte alta da favela. Ele foi baleado no rosto e nas mãos, mas não corre risco de vida.

Segundo moradores, confrontos têm sido frequentes na favela. Há uma semana, no dia da final da Copa do Brasil, moradores relataram ter ouvido tiros vindos da região chamada de Roupa Suja. O confronto teria ocorrido entre bandidos armados com pistolas, fuzis, metralhadoras e granadas na parte alta da Rocinha.

Leia também:

Policial é baleado por traficantes na Rocinha

Continua após a publicidade
Publicidade