Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Temer processa Joesley por danos morais, calúnia e difamação

Presidente ingressou com dois processos contra o empresário, um na Justiça Federal e outro na Justiça comum

O presidente Michel Temer finalizou na manhã desta segunda-feira duas ações contra o dono da JBS, Joesley Batista, cujo acordo de delação premiada firmado com o Ministério Público Federal atingiu em cheio o peemedebista. Temer ingressou com os dois processos na Justiça pouco antes de embarcar para viagem de cinco dias à Rússia e Noruega. Uma das ações será por danos morais, em que o presidente pede indenização financeira, e a segunda, uma queixa-crime por difamação, calúnia e injúria e crimes contra a honra. Michel Temer decidiu acionar o advogado do PMDB, Renato Oliveira Ramos, para representar contra Joesley. A ação criminal foi impetrada na Justiça Federal e a cível, na Justiça comum.

Na ação inicial, Temer não estabeleceu um valor de indenização, mas isso poderá ser feito em um segundo momento, se o juiz indicar a possibilidade de especificacão de um montante. A ideia do presidente, caso consiga ganhar as ações na Justiça, é doar os valores referentes a elas a uma instituição da caridade.

As ações judiciais foram motivadas pela entrevista de Joesley à revista Época, em que o dono da JBS acusa Temer de ser “chefe de organização criminosa”. “Temer, Eduardo, Geddel, Henrique, Padilha e Moreira. É o grupo deles. Quem não está preso está hoje no Planalto. Essa turma é muita perigosa”, disse o delator à publicação.

O peemedebista dedicou uma parte do fim de semana para discutir com seus advogados não só as ações a ser apresentadas na Justiça contra o delator, anunciadas no sábado;; no feriado, Temer se reuniu também com o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Carlos Velloso, que vai ajudá-lo na defesa da denúncia que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deverá apresentar contra ele nos próximos dias.

O presidente já deixou o Planalto em direção à base aérea de Brasília, onde embarcará para a Rússia. Nesse período, os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, permanecerão na capital monitorando ações contra o governo e trabalhando pela reaglutinação da base aliada.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que assumirá o comando do país com a viagem de Michel Temer, não deve ir ao Palácio do Planalto nesta segunda-feira, já que está em Pernambuco. Ele deve começar a despachar no gabinete presidencial nesta terça-feira.

Veja a íntegra da ação de Temer contra Joesley:

(com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Gerador emprego

    Por mim soltava dois arena e dava faça cada…que ficasse vivo teria direito ir preso….pelo.menos dariam alguma distração pra todos que roubaram…se Meireles assumisse presidência podia tira ele na hora…mas.como se sair capaz entra lixxx do maia…melhor fique estrupicio mesmo por enquanto até aprovar reforma trabalhista e acaba de vez com os pelegos…

    Curtir

  2. Definitivamente Louco

    O povo brasileiro devia processar o Temer e os irmãos JBS por perdas e danos, danos morais, assassinato e crime contra vulnerável.

    Curtir

  3. Paulo Bandarra

    Factoide de defesa.

    Curtir

  4. Imagine o ferro que o Joesley vai mandar no Temer. Será no mínimo 3 x maior.

    Curtir

  5. O marketeiro do PT (Joesley) se complica cada vez mais. Vai acabar na cadeia, fazendo companhia ao Lula.

    Curtir

  6. Mario Figueiredo

    Ladrão processando comparsa…

    Curtir

  7. Mario Figueiredo

    Marcola processando Fernandinho BeiraMar

    Curtir

  8. Fábio Luís Inaimo

    O PêTê e Lula roubaram tanta , mais tanto que deu pra comprar o STF, o PGR a Grobo e a vesga com o troco !! Fooora André PeTry PeTralha !!!

    Curtir

  9. Fábio Luís Inaimo

    São páginas e páginas destinadas a livrar a cara do PêTê e de Lula !!!

    Curtir

  10. Fábio Luís Inaimo

    e a burrice só aumenta !!

    Curtir