Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Temer e depoimento de Lula a Moro nas manchetes de 14/09/17

Ex-presidente chamou Antonio Palocci de calculista e simulador

O segundo depoimento do ex-presidente Lula ao juiz federal Sergio Moro está nas manchetes dos principais jornais do país nesta quinta-feira. Ex-presidente chamou o ex-ministro Antonio Palocci de calculista e simulador, e disse que pacto com Odebrecht é ficção; para advogado de Palocci, Lula é dissimulado. No STF, presidente Michel Temer pede a suspeição do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, mas é derrotado.

Folha de S.Paulo
Lula diz que Palocci mentiu, é simulador, frio e calculista
Em depoimento a Moro, Lula negou que tenha feito qualquer acerto ilícito com a Odebrecht. “Ele [Palocci] é tão esperto que é capaz de simular uma mentira mais verdadeira que a verdade”, disse. Lula falou uma semana após seu ex-ministro da Fazenda relatar, também a Moro, que o ex-presidente teria avalizado um “pacto de sangue” com a empreiteira, que incluía R$ 300 milhões em vantagens indevidas para manter o protagonismo no governo. 

Cresce clima de desconfiança entre delatores do grupo J&F
O clima entre os delatores da J&F é de desconfiança. Joesley e Wesley Batista acreditam que o executivo Ricardo Saud pode traí-los caso a negociação com o Ministério Público Federal naufrague, afirma Monica Bergamo. Próximo de Joesley, Saud costumava falar mal do chefe inclusive com pessoas que, depois, delatou.

O Estado de S.Paulo
Lula sugere que Palocci ‘joga ilícitos em cima dos outros’
Para Lula, Palocci, preso há quase um ano, “tem o direito de querer ser livre”. “O que não pode é, se você não quer assumir a tua responsabilidade pelos fatos ilícitos que você fez, não jogue em cima dos outros”, disse. O advogado Adriano Bretas, que defende o ex-ministro, afirmou que Lula é “dissimulado”.

O Globo
Lula e Temer na Justiça
Em depoimento em uma das seis ações em que é réu, Lula negou as acusações, atacou o Ministério Público e tentou desqualificar as denúncias de Palocci. Também ontem, o presidente Temer foi derrotado por unanimidade no Supremo, onde os nove ministros presentes julgaram que não há perseguição de Janot contra o peemedebista.

Valor Econômico
Prisões apressam mudanças na JBS
A família Batista, conselheiros e executivos da JBS devem indicar rapidamente um sucessor para o CEO Wesley Batista, preso ontem preventivamente pela Polícia Federal, acusado de usar informações privilegiadas em transações com ações e dólar.

Zero Hora
Safra faz PIB crescer 2,5% no 2º trimestre no Estado
Números apresentados na quarta-feira pela Fundação de Economia e Estatística (FEE) comprovam efeito positivo da supersafra no PIB gaúcho.