Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Suspeitos da morte de Celso Daniel permanecerão soltos

Por Da Redação
13 set 2011, 19h05

Por Marcela Bourroul Gonsalves

São Paulo – O Supremo Tribunal Federal (STF) tornou definitiva a liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello para três acusados de envolvimento na morte de Celso Daniel, prefeito de Santo André (SP) assassinado em 2002. O julgamento favorável à liberdade de José Edison da Silva, Marcos Roberto Bispo dos Santos e Elcyd Oliveira Brito foi realizado hoje à tarde.

A liminar foi concedida em março de 2010, que levou em conta o fato de os acusados estarem presos desde 2002 sem que tenham sido levados a julgamento. Na ocasião, o ministro alegou excesso de prazo na formação da culpa e disse entender que nada justificava tamanha demora no julgamento. O ministro voltou a dizer hoje que em termos de delonga o caso é “emblemático”.

O crime ocorreu em 2002, quando a vítima foi sequestrada na noite de 18 de janeiro por um grupo armado. O corpo, crivado de balas, foi encontrado dois dias depois em uma estrada de terra batida em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo.

O Ministério Público (MP) sustenta que houve motivação política na execução de Celso Daniel e denunciou oito suspeitos, apontando como mandante o empresário Sérgio Gomes da Silva, o “Sombra”. Para a promotoria, o ex-prefeito foi morto porque teria tentado dar fim a suposto esquema de corrupção na prefeitura. A polícia, no entanto, concluiu que ele foi vítima de sequestradores comuns.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.