Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Surto de bactéria fecha maternidade em Ceilândia, no DF

Sete recém nascidos morreram nas duas últimas semanas no hospital. Apenas dois casos, porém, foram decorrentes de infecção

Por Da Redação 13 abr 2013, 21h45

A secretaria estadual do Distrito Federal ordenou o fechamento da maternidade e UTI neonatal do Hospital Regional de Ceilândia, distante 25 quilômetros de Brasília. A decisão foi tomada neste sábado, após a morte do sétimo recém nascido nas últimas duas semanas. A infecção pela bactéria Serratia marscenses, presente no trato gastrointestinal e que se prolifera através de mãos não-higienizadas, é apontada como a causa de pelo menos dois casos, número que já configura um surto, segundo infectologistas.

Desconfia-se que a bactéria tenha infectado a UTI neonatal do hospital através das mãos de enfermeiros ou visitantes, segundo a secretaria. A higienização do local, que já havia sido iniciada desde a confirmação da primeira morte por infecção, vai ser intensificada nos próximos dias. De acordo com a secretaria, do total de sete recém nascidos mortos nas duas últimas semanas, dois sofriam de problemas gástrico e cardíaco, sem ligação com o surto. Os outros casos ainda estão sob investigação.

Os pacientes são orientados a procurar os hospitais próximos, como Taquatinga e Samambaia, e apenas casos considerados gravíssimos vão ser atendidos no hospital. As grávidas que derem a luz no hospital vão ser transferidas. Ainda não há previsão para a reabertura.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)