Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Suplente de Marcelo Crivella toma posse no Senado

Por Rosa Costa

Brasília – O primeiro-suplente do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), Eduardo Lopes, também do PRB, tomou posse hoje do mandato no Senado que se estenderá até 2008. Pastor licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, Crivella se licenciou também do mandato na semana na última sexta-feira para assumir o cargo de ministro da Pesca.

A escolha de Crivella para a Pasta é atribuída à estratégia do governo da presidente Dilma Rousseff de facilitar o entendimento com os evangélicos e de assegurar o apoio do candidato do PRB à prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno, ao candidato do PT, Fernando Haddad, num eventual segundo turno da eleição. Pela lei em vigor, Crivella pode deixar o ministério e reassumir o mandato parlamentar na hora em que quiser.

A posse de Lopes eleva para 14 o total de senadores “sem votos”, cuja representatividade é alvo de questionamentos. O nome dos suplentes consta das chapas dos titulares ao Senado, mas não tem peso na eleição ou derrota do candidato. Daí porque, não raro, são escolhidos para a vaga nomes de familiares, financiadores de campanha e pessoas ligadas a áreas de interesse do titular. Aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), uma proposta proibindo parentes como suplentes e obrigando a realização de nova eleição no caso de morte do titular está engavetada desde 2007 e não há previsão para sua votação.