Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

SP aprova publicação dos nomes de motoristas bêbados

Projeto de Lei que torna público o nome completo dos condutores flagrados dirigindo sob o efeito do álcool foi aprovado por unanimidade na Assembleia

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou na noite desta quarta-feira o projeto de lei que torna público o nome de quem for flagrado dirigindo bêbado. A medida, aprovada por unanimidade no plenário, torna obrigatória a publicação no Diário Oficial do Estado de uma lista com os nomes completos dos motoristas que perderem a carteira de habilitação por conduzir sob influência do álcool ou de outra substância psicoativa. Uma relação de motoristas infratores já aparece atualmente no Diário, mas ela traz apenas o número do documento do condutor, sem a exposição de seu nome.

Leia também:

Após sanção de Dilma, Lei Seca mais rígida entra em vigor

Perito vai examinar que recusar bafômetro em São Paulo

“Entendemos que a sociedade tem o direito de saber quem são aqueles que dirigem embriagados e colocam em risco a vida das pessoas”, afirmou o autor do projeto, o deputado Cauê Macris (PSDB). Para ele, a ameaça de ver o nome na “lista negra” do Diário Oficial vai fazer o motorista pensar duas vezes antes de pegar o volante alcoolizado. “Como todo mundo poderá acompanhar esta lista, o infrator pode ter efeitos negativos práticos em seu cotidiano – como, por exemplo, encontrar dificuldades para renovar o seguro do automóvel ou ter seu perfil consultado em casos de entrevistas de emprego.” O projeto de lei será agora encaminhado para a sanção do governador Geraldo Alckmin.