Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sogra de empresário da Fórmula-1 é resgatada

Aparecida Schunck foi libertada pela polícia neste domingo após passar nove dias em cativeiro. Não houve pagamento de resgate

Terminou no início da noite deste domingo o sequestro de Aparecida Schunck , 67 anos, sogra do empresário da Fórmula-1 Bernie Ecclestone. A polícia localizou o cativeiro onde ela estava sendo mantida, em Cotia, na Grande São Paulo, e a libertou. Não houve pagamento de resgate. Segundo informações iniciais, dois suspeitos foram presos no local. Aparecida havia sido sequestrada no dia 22 de julho, no bairro de Interlagos, em São Paulo.

Ela é mãe da brasileira Fabiana Flosi, de 38 anos, que é casada com Ecclestone , de 85. O casal mora em Londres. Os dois se conheceram em 2009, quando Fabiana trabalhava na organização do Grande Prêmio do Brasil. Bacharel em direito, ela era casada com um médico e vivia em São Paulo.

Em 2010, Ecclestone, então dono de uma fortuna avaliada em quase 8 bilhões de reais, protagonizou um dos mais ruidosos divórcios da Inglaterra. Ao final do processo, o chefe da Fórmula 1 concordou em pagar 1,7 bilhão de reais à ex-modelo croata Slavica Radic, com quem viveu por 25 anos. Pouco depois da separação, Fabiana deixou o Brasil e, em 2012, casou-se com Ecclestone em uma cerimônia em Gstaad, na Suíça.

Após o casamento da filha, a vida de Aparecida subiu de patamar financeiro, sem perder a simplicidade de outros tempos. Há dois anos, ela se mudou de uma humilde casa no bairro de Francisca Cabrini, zona sul de São Paulo, para uma mansão no bairro de Interlagos, onde foi sequestrada. Aparecida morava apenas com seu marido.

Segundo relatos de moradores locais, ela era resguardada e pouco convivia com os outros vizinhos da rua. Não andava com seguranças, mas tinha um motorista disponível. Ecclestone jamais foi visto no local. Entre os poucos hábitos e hobbies que cultivava, gostava de cuidar da horta e pedida dicas de como plantar aspargos.

LEIA TAMBÉM:
Quem é Bernie Ecclestone, o todo-poderoso da Fórmula 1

Resgate – Fontes consultadas por VEJA disseram que o valor do resgate pedido a Ecclestone era de 120 milhões de reais – o que faria desse o maior sequestro do Brasil. Os criminosos pediram para que os pagamentos fossem feitos em libras esterlinas, com o dinheiro dividido em quatro sacolas. Entre 2001 e 2002, essa modalidade de crime atingiu o auge no país. O ano de 2002 terminou com 321 casos apenas no Estado de São Paulo – um a cada 27 horas. A Delegacia Anti-Sequestro (DAS) chegou a monitorar, num único dia, 43 cativeiros – num deles estava o publicitário Washington Olivetto, que só foi libertado depois de 53 dias em poder de seus captores, que haviam pedido 18 milhões de dólares por ele.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Gilmar Grespan

    Posso estar enganado. Ma há algo de muito estranho nesse sequestro da sogra de empresário da Fórmula-1, o Bernie Ecclestone. Sinto que tem coisa esquisita aí. Vamos aguardar. Posso estar errado. Mas essa minha intuição quase nunca falha.

    Curtir

  2. Marcelo Luiz Correa

    Ao que parece tem algo de estranho nesse sequestro da sogra do Ecclestone, senhor Grespan, se investigarem direito, deve ser gente da esquerda que planejou, afinal, fizeram o mesmo com o Diniz!

    Curtir

  3. Napoleao Gomes

    Tem um pessoal aqui no Brasil que tem o mal educado hábito de sequestrar embaixadores… Talvez seja essa quadrilha a mesma que sequestrou a sogra!

    Curtir

  4. Edson Joel de Souza

    Isso parece obra de bandidos organizados com nome de partido político que perdeu dinheiro com a descoberta da corrupção na Petrobrás

    Curtir

  5. Paulo Henrique

    Quando, nesse buteco de país, teremos uma justiça no nível da que temos aqui nos EUA. Sequestro aqui é punido com perpétua e em alguns estados, com pena de morte. O resultado é que no ano passado houve apenas 5 casos, e na maioria, cometida por xicanos.

    Curtir

  6. Marcio Oliveira

    “Sequestraram minha sogra, azar do sequestrador
    Ao invés de pagar o resgate, foi ele quem me pagou”

    Curtir

  7. Deveriam abrir inquérito contra mulheres mais jovens que casam com velhinhos babões pela fortuna deles. Infelizmente, nosso mundo está virado em pessoas que se aproveitam. E homens muito burros também.

    Curtir