Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Socorristas buscam 9 corpos em destroços de avião da Chapecoense

Equipes usam trator para tentar remover corpos presos na fuselagem de avião da Chapecoense, sob árvores em montanha na região de Medellín

As equipes de resgate que trabalham nos destroços do avião da Chapecoense, que caiu na Colômbia, ainda tentar retirar nove corpos presos na fuselagem do avião da Lamia CP-2933, destruído no choque com o solo, conforme a Aeronáutica Civil do país. Ao todo, 66 corpos foram removidos e encaminhados a uma base da Força Aérea colombiana e ao Instituto Médico Legal de Medellín.

“Falta muito pouco, os nove corpos que faltam estão presos na fuselagem, pressionados embaixo de uma árvore. Já conseguimos superar as dificuldades geográficas com ajuda de agricultores e puxar um trator com correntes para cima do morro e esperamos poder remover essa parte”, disse o diretor geral da Aeronáutica Civil, Alfredo Bocanegra Varón.

A Polícia Nacional da Colômbia recolheu as malas e pertences dos passageiros e tripulantes e levou para um hangar do governo da Antioquia, à disposição de familiares. Os documentos e passaportes estão sendo separados para ajudar na identificação rápida dos corpos. “Esperamos que o trabalho de identificação seja mais fácil porque não existem tantas mutilações e desfigurações nos corpos como se poderia pensar e o clima favoreceu o resgate. Já temos os passaportes e documentos para identificá-los”, disse Varón.

Autoridades da Bolívia e da empresa britânica devem enviar investigadores. Do Brasil, partiu uma equipe da Polícia Federal e do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos). Não há prazo para a conclusão, mas a Aeronáutica Civil da Colômbia vai aguardar a chegada dos enviados para iniciar a análise das caixas-pretas.

“Esperamos a colaboração da Aeronáutica do Brasil e da Bolívia para ter resultados positivos na investigação, também da empresa fabricante britânica, a quem interessa participar. A ideia é que seja uma investigação muito transparente, em que se compartilha e resguarda informação se para que se chegue à verdade”, afirmou Varón.