Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sobe para 15 números de mortos em acidente em Manaus

Colisão entre um caminhão caçamba e um micro-ônibus deixou feridos. Entre as vítimas fatais estão os dois motoristas e uma mulher grávida

Subiu para 15 o número de mortes do acidente em Manaus entre um caminhão e um micro-ônibus, ocorrido na noite da última sexta-feira. A colisão aconteceu na Zona Centro-Sul e, segundo testemunhas, a caçamba, terceirizada para a prefeitura, estava em alta velocidade e o motorista perdeu o controle do veículo, o que o levou a ultrapassar o meio-fio e a invadir a pista contrária, batendo de frente com o micro-ônibus.

As vítimas fatais foram confirmadas pela Polícia Civil e pelo Instituto Médico Legal (IML). Entre os mortos estavam uma mulher grávida de seis meses, uma criança de um ano e seis meses e os dois motoristas. Na manhã deste sábado, o marceneiro aposentado Domingos Messias de Souza, de 60 anos, faleceu no Hospital Pronto Socorro João Lúcio, na zona leste. Ele foi uma das sete vítimas encaminhadas ao João Lúcio, outras seis pessoas estão internadas no pronto socorro 28 de Agosto na zona centro-sul. A Secretaria Estadual de Saúde (Susam) emitiu nota pedindo que a população evite os hospitais onde as vítimas estão sendo atendidas e procurem outros Serviços de Pronto Atendimento (SPA) da capital.

“Sabemos que a caçamba era terceirizada da prefeitura e que o motorista morreu. Não se sabe se ele teve uma morte súbita ao volante. A prefeitura vai fazer toda a análise e em breve dar todas as respostas”, disse Hissa Abrahão, vice-prefeito de Manaus, em um comunicado oficial. As causas do acidente serão investigadas pelo 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e pela Delegacia Especializada em Acidentes de Trânsito (Deat). A prefeitura decretou luto oficial de três dias na capital amazonense.

A Seminf ainda não sabe dizer qual o serviço o caminhão estava realizando no momento do acidente. Segundo a Secretaria de Comunicação de Manaus (Semcom) o prefeito Artur Neto (PSDB) chegou à Manaus por volta das 3h da manhã e está visitando os hospitais locais para prestar apoio aos sobreviventes e familiares. Toda a despesa com funerária e enterro das vítimas serão custeadas pela prefeitura de Manaus.

Na madrugada deste sábado (29) o IML divulgou lista com os nomes das outras vítimas: Rosangela Cardoso Costa (39), Robert da Cunha Moraes (26), Adriane da Silva Fernandes (20), Lincoln Oliveira de Souza (21) Ricardo Oliveira (idade não confirmada), Ozaias Costa de Almeida (idade não confirmada), Quézia Guedes de Souza (24), Clarice Gomes Pires (58), Luis Miguel Guedes de Souza (1 ano e 6 meses), João Jorge Duarte Pires (56), Carlos Alberto da Silva Silveira (50), Tânia Mara da Rocha (50), Sebastião Alves de Araújo (50), e Gabriela Teles Messias (26). Grávida, o bebê de Gabriela não sobreviveu ao parto de emergência.

(Com agência Estado)