Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sobe a 13 número de mortos em acidente com ônibus escolar

Larissa Souza Bottacini e Leonardo Marques Gonçalves estavam internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Bauru

Morreram na madrugada desta quinta-feira mais duas pessoas que estavam no ônibus que se chocou com uma carreta na Rodovia Deputado Leônidas Pacheco Ferreira (SP-304), em Ibitinga, no interior de São Paulo, confirmou a prefeitura de Borborema. Larissa Souza Bottacini e Leonardo Marques Gonçalves estavam internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Bauru. O número de mortos no acidente sobe para treze.

Leia também:

Socorrista narra ‘cena de guerra’ em local de acidente com ônibus escolar

Vítimas de acidente com ônibus são enterradas em SP

Os corpos dos dois serão enterrados no Cemitério Municipal Antônio Barbosa, em Borborema. Leonardo era filho de uma das três professoras que morreram no acidente. Além delas, uma diretora de escola municipal que acompanhava o filho na excursão e sete adolescentes também não resistiram.

Acidente – A colisão aconteceu por volta das 23h30 de segunda-feira,no km 368 da rodovia. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, a análise inicial é de que o motorista da carreta perdeu o controle da direção, atravessou a pista simples da estrada e acabou batendo no ônibus que levava alunos da Escola Estadual Dom Gastão Liberal Pinto, da cidade de Borborema, a 30 quilômetros do local da colisão. Não havia faixa de sinalização na pista onde aconteceu o acidente.

A lateral direita do ônibus foi completamente arrancada. Várias vítimas foram arremessadas no asfalto e algumas ficaram presas nas ferragens. Os estudantes assistiram a um concerto da Orquestra Sinfônica do Estado (Osesp) na Sala São Paulo, na região central da capital paulista.

(Com Estadão Conteúdo)