Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Serra usa programa na TV para dizer que vai “ficar o mandato inteiro”

Tucano diz que se candidatou em 2006 para evitar que governo do estado caísse "nas mãos do PT"

O candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, José Serra, gastou os primeiros minutos da propaganda eleitoral na TV nesta segunda-feira para dizer que, se eleito, vai cumprir os quatro anos de mandato e que só deixou o cargo de prefeito em 2006 para evitar que o governo do estado caísse “nas mãos do PT”.

Esta foi a primeira vez que Serra usa o programa na TV para prometer que não renunciará para disputar outro cargo. Em março de 2006, ele deixou a prefeitura com um ano e três meses de mandato para se candidatar ao governo paulista. A renúncia de Serra com menos de meio mandato tem sido explorada pelos adversários nesta eleição, em especial pela campanha de Fernando Haddad (PT).

Serra começou o programa dizendo que tem sido questionado por eleitores na rua se cumprirá todo o mandato e que queria “esclarecer essa questão”. “Sim, vou ficar o mandato inteiro. Vou dar o melhor de mim e fazer muito por São Paulo”, afirmou.

Leia também:

Serra diz que não disputará eleições em 2014 e defende gestão de Kassab

Eleições: Russomanno lidera com nove pontos de vantagem em São Paulo, segundo Datafolha

Kassab tenta ajudar Serra a atrair apoio de evangélicos

O tucano disse ainda que só deixou a cadeira de prefeito por causa do PT. “Em 2006, o estado estava ameaçado de cair nas mãos do PT, jogando fora a recuperação que fizemos desde o governo Franco Montoro”, disse. “Por isso fui para a disputa de governador. Você me entendeu, me apoiou e me elegeu no primeiro turno”, completou Serra.

Antes, o tucano afirmou que, quando assumiu a prefeitura após a gestão da petista Marta Suplicy (2001-2004), a cidade estava falida e que, como governador, pôde fazer mais pelos paulistanos. “Eu me orgulho de ter sido o governador que mais investiu na cidade.”

Segundo ele, hoje “a situação é bem diferente”. “O momento é outro na minha vida e na vida da cidade. O governador Geraldo Alckmin tem mais dois anos de mandato e ainda pode se reeleger. Quero ser prefeito para ficar quatro anos no mandato”, afirmou.