Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Serra recebe apoio de vereadores e evita falar em debate

Sete dos oito vereadores do partido endossaram candidatura de ex-governador à prefeitura de São Paulo; políticos do PSB participaram de evento

Pré-candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, José Serra recebeu nesta terça-feira o apoio de sete dos oito vereadores da bancada tucana na Câmara Municipal. A exceção foi Aurélio Nomura, ligado a outro pré-candidato, o secretário de Energia José Aníbal – embora ele estivesse presente. O evento ocorreu um dia depois de deputados tucanos terem manifestado apoio formal ao ex-governador. Na semana passada foi a vez dos deputados estaduais.

O clima durante o encontro do tucano com os vereadores foi bem diferente do visto no dia anterior, no diretório estadual do PSDB – com panfletagem e até um boneco gigante de Serra. O líder da bancada do PSDB na Câmara, Floriano Pesaro, ressaltou que os outros pré-candidatos do partido já foram recebidos pelos vereadores tucanos. “Mas só a visita do Serra teve essa mobilização”, disse. “Acredito que seja por seu prestígio”.

O ex-governador foi evasivo ao ser indagado pelos jornalistas se agiria, como pedido pelos demais pré-candidatos, para que sejam realizados debates antes das prévias do partido para escolher quem disputará a prefeitura. “Não estou agindo nem ‘desagindo'”, disse.

Postura institucional – O presidente do diretório municipal do PSB, vereador Eliseu Gabriel, esteve no local, mas não se manifestou. Já o vereador Juscelino Gadelha fez questão de cumprimentar Serra, mas ressaltou que se tratava de uma postura institucional. “Isso não signfica apoio, viemos cumprimentar representantes de todos os partidos”.

O PSB não decidiu se apoiará Serra ou o petista Fernando Haddad na sucessão municipal. Em meio às negociações, o presidente nacional do partido, o governador de Pernambuco Eduardo Campos, esteve em São Paulo na última segunda-feira. E disse que a decisão sairá somente em junho.