Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Série de ataques deixa 19 mortos na Grande São Paulo

Os casos foram registrados nas cidades de Osasco e Barueri em um intervalo de apenas duas horas, na noite de quinta-feira; polícia investiga se há relação entre as mortes

Uma série de ataques a tiros deixou pelo menos dezenove pessoas mortas e seis feridas na noite de quinta-feira nas ruas de Osasco e Barueri, na Grande São Paulo. Os ataques – oito em Osasco e dois em Barueri – aconteceram em um intervalo de apenas duas horas. Nenhum suspeito foi preso até o momento. As autoridades haviam confirmado inicialmente vinte mortos, mas o número foi corrigido no começo da tarde.

LEIA TAMBÉM:

PM e ex-PM são presos por chacina na torcida Pavilhão 9

Preso suspeito de degolar família no Rio Grande do Sul

No pior ataque, dez pessoas foram baleadas em uma chacina em um bar de Osasco. Quatro delas morreram no local e as outras seis, no hospital. Outros ataques na cidade aconteceram nas ruas Cuiabá, Avenida Eurico da Cruz, Professora Sud Menucci e Astor Palamin. Em Barueri, três pessoas foram mortas a tiros. Relatos indicam que os ataques foram feitos por homens armados e encapuzados dentro de carros.

A polícia investiga se os casos registrados nas duas cidades têm relação. “Ainda não é possível dizer que foram orquestrados, mas [os ataques] foram sequenciais e quase que simultâneos”, disse o sargento Monteiro, do Centro de Operações da Polícia Militar em Osasco, ao jornal O Estado de S. Paulo. Os feridos nos ataques em série foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para hospitais da região.

(Com Estadão Conteúdo)