Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Senadores recorrem ao MP para apurar irregularidades em xepa de cargos do governo

Os senadores Ricardo Ferraço (PSDB-ES) e José Medeiros (PSD-MT) recorreram nesta quinta-feira à Procuradoria Geral da República com pedido para que seja investigado se a presidente Dilma Rousseff pode ser responsabilizada civil, penal ou administrativamente por promover um verdadeiro leilão de cargos em seu governo para barrar o processo de impeachment que tramita contra ela. Com o desembarque do PMDB da base aliada, o Palácio do Planalto escancarou o loteamento da máquina pública e negocia como repartir o espólio peemedebista entre partidos que possam garantir votos mínimos para que Dilma não seja retirada do governo pelo impeachment. Depois da saída dos peemedebistas da base aliada, apadrinhados da sigla começaram a perder cargos na administração pública. Nesta quarta-feira foram demitidos o diretor-geral do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs), Walter Gomes de Sousa, e o diretor da Companhia Nacional de Abastecimento, Rogério Zeraik Abdalla. Sousa havia sido indicado pelo agora ex-ministro do Turismo Henrique Alves, enquanto Abdalla é apadrinhado político do vice-presidente Michel Temer. Alves foi o primeiro ministro do PMDB a abandonar o governo Dilma após a decisão dos peemedebistas de deixar a base de apoio do governo. (Laryssa Borges, de Brasília)