Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Senador americano diz que latinos votam em republicanos

O senador republicano de origem cubana Marco Rubio (Flórida) disse nesta quinta-feira que cada vez mais latinos estão prontos a votar em seu partido nas presidenciais de novembro, apesar do apoio com o qual conta o presidente democrata Barack Obama nesse segmento.

“Há um crescente número de americanos de origem hispânica que têm a mente aberta”, disse Rubio ao citar a questão do voto latino para as eleições deste ano nos Estados Unidos, durante uma conversa no Council of Foreign Relations de Nova York.

Rubio explicou que os latinos votam cada vez mais “em um candidato e não em um partido”, e que a “principal preocupação” desse eleitorado é o “ardente desejo de ver que seus filhos ficarão melhor que eles”.

Um recente estudo dá a Obama uma ampla vantagem frente ao candidato republicano Mitt Romney entre os eleitores de origem latina, com 67% contra 27% de preferências.

Nesse sentido, Rubio admitiu que os latinos se alinham mais com o atual presidente, mas não atribuiu esse fato a uma melhora da situação dessa comunidade durante os últimos quatro anos, mas a um “obstáculo histórico” dos republicanos.

“Alguns dos obstáculos que os republicanos têm em geral são apenas históricos”, afirmou, em referência à tradição que vincula os latinos ao Partido Democrata.

Cerca de 10 milhões de latinos votaram em 2008 (dois terços deles em Obama), e segundo o Pew Hispanic Center até 21 milhões podem se registrar para votar este ano. O voto latino é crucial em estados do sul do país, como a Flórida.