Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

São Paulo registra nove assassinatos nessa madrugada

Outras três pessoas ficaram feridas a tiro em um intervalo de seis horas

Por Da Redação 30 nov 2012, 09h04

Após duas noites com redução nos números da criminalidade na capital e na Grande São Paulo, a Região Metropolitana voltou a registrar mortes. Pelo menos nove pessoas foram assassinadas e três ficaram feridas a tiros em um intervalo de seis horas, entre as 19h30 desta quinta-feira e a 1h30 desta sexta-feira. Somente nos últimos quinze dias, pelo menos 91 pessoas morreram após serem baleadas na Região Metropolitana. Outras 82 também foram feridas a bala no período, mas sobreviveram.

O comerciante Rafael Jesus Fulaz, de 31 anos, e a mulher dele, Sibele Carla Pedroso, de 36 foram mortos em uma tentativa de assalto, por volta das 21 horas desta quinta-feira, na Vila Olímpia, área nobre da Zona Sul da capital paulista.

O casal voltava de Mongaguá, litoral paulista, e seguia para Itu, no interior, em uma moto Honda Fireblade Repsol, comprada um dia antes. Em um semáforo, eles foram abordados por dois homens, também em uma moto. A dupla anunciou o assalto. Rafael acelerou para escapar dos bandidos e foi baleado pelo garupa da outra moto. A vítima perdeu o controle da moto e bateu contra um Toyota Fielder blindado.

Os bandidos, segundo uma testemunha, se aproximaram novamente das vítimas. O garupa então desceu da moto e atirou contra Rafael e Sibele. O Toyota também foi atingido. Os assaltantes, ambos de capacete, deixaram o local sem levar nada. As vítimas morreram antes da chegada de socorro.

As filhas de Sibele estavam uma distância de pelo menos quatro carros do casal, só perceberam o que havia ocorrido ao passar ao lado da moto e ver a mãe e o padrasto caídos. O caso foi registrado no 27º Distrito Policial, do Campo Belo, e será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Zona Norte – Quatro pessoas foram mortas a tiros e duas permaneciam internadas após serem vítimas de atiradores, no início da madrugada desta sexta-feira, em um bar localizado na Vila Cruz das Almas, região da Brasilândia, Zona Norte de São Paulo.

Os disparos, segundo a proprietária do estabelecimento, que saiu ilesa, foram feitos por quatro homens em duas motos. O bar estava prestes a fechar e um funcionário fazia a limpeza do local quando os criminosos armados chegaram, atirando contra todos que estavam dentro do estabelecimento. Seis pessoas foram atingidas pelos tiros.

Leia também:

Violência em SP: as percepções e a realidade

Continua após a publicidade

Operação em Paraisópolis prendeu 107 em um mês

Polícias de SP terão reunião diária contra o crime

Líder do PCC define onde ladrão pode roubar

Antonio Moraes Santana Leal, de 42 anos, e Claudinei Pereira da Silva, 41 anos, foram encaminhados para o pronto-socorro Penteado, onde morreram. Silvia Helena Fernandes de Lima, 48, Danilo Bonfim Vieira da Silva, 27, e Luciano Araújo de Souza, 30, foram levados para o hospital de Vila Nova Cachoeirinha, onde Danilo e Luciano também não resistiram e acabaram morrendo quando passavam por cirurgia. Já Luís Eduardo Pereira de Souza, de 38 anos, permanecia internado no pronto-socorro de Taipas.

O caso foi registrado no 72º Distrito Policial, da Vila Penteado, e será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Essa é a 22ª chacina do ano, com um total de 74 mortos, na Região Metropolitana de São Paulo. Somente em novembro, foram dez chacinas, cinco na capital e cinco nas demais cidades, com 36 mortos, número que representa quase metade do total das pessoas assassinadas em crimes do tipo neste ano.

Zona Leste – Darlan Alves dos Santos de Malta, de 25 anos, foi encontrado baleado, por volta das 23 horas desta quinta-feira, em frente ao Loteamento Monte Verde, em Cidade Tiradentes, no extremo leste da capital, próximo do limite com a cidade de Ferraz de Vasconcelos. Policiais militares foram acionados por pessoas que ouviram os tiros e, ao chegarem no local, encontraram a vítima caída. Malta tinha passagem pela polícia e morreu quando era atendido no pronto-socorro da região. O homicídio foi registrado no 49º Distrito Policial, de São Mateus.

Grande São Paulo – Mais cedo, por volta das 19h30, um homem foi encontrado morto na Rua Aníbal Almeida de Souza, no Jardim Iraci, em Barueri, na Grande São Paulo. À 1h30 desta sexta-feira, dois homens em uma moto atiraram contra duas pessoas na Rua João Pereira dos Santos, na Vila Assis Brasil, em Mauá, no Grande ABC. Segundo a polícia, uma das vítimas morreu quando era atendida no pronto-socorro do mesmo bairro. A outra permanecia internada. O local do crime, de acordo com a PM, era utilizado como ponto de venda de drogas. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial da cidade.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade