Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Santa Catarina enfrenta mais uma noite de atentados

Delegacias foram alvo de disparos e pelo menos três ônibus foram incendiados

O estado de Santa Catarina enfrentou uma nova série de atentados na última madrugada. Entre a noite de terça-feira e a manhã desta quarta, três ônibus foram incendiados e prédios das polícias civil e militar foram alvo de disparos dos criminosos. Na segunda-feira, bandidos já haviam atacado ônibus e viaturas policiais em Santa Catarina.

Leia também:

Ministro da Justiça critica sistema prisional brasileiro

Criminosos atacam a polícia em Santa Catarina

No início da noite, por volta das 22h, homens encapuzados abordaram um ônibus no bairro dos Ingleses, em Florianópolis, mandaram o motorista e os passeiros descerem e colocaram fogo no veículo com coquetel molotov. Minutos depois, os bombeiros registraram outros dois incêndios em coletivos na cidade de Navegantes. Ninguém ficou ferido nas ocorrências.

Também na noite de terça, bandidos atiraram contra a central de videomonitoramento da Polícia Militar, no norte de Florianópolis. Em uma ação semelhante, uma delegacia da Polícia Civil foi alvo de disparos no bairro Saco dos Limões, também na capital catarinense. Por enquanto, nenhum criminoso foi preso.

‘Imitação’ – Os novos ataques acontecem horas depois do governo estadual anunciar uma força-tarefa para investigar e prevenir os atentados. Mais cedo, o secretário de Segurança Pública do estado, César Grubba, creditou as ações dos criminosos a uma imitação da série de ataques em São Paulo. “O que existe é uma imitação, uma cópia. No domingo passou no Fantástico uma matéria sobre esses ataques em São Paulo, criminosos assistem e fazem igual”, afirmou.