Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Rompimento de dique atinge mil famílias em Campos-RJ

Por Da Redação 5 jan 2012, 09h16

Por Solange Spigliatti

São Paulo – Cerca de mil famílias do bairro Três Vendas, em Campos de Goytacazes, no norte fluminense, estão sendo orientadas a deixar suas casas na manhã de hoje por conta do rompimento de um dique que represa as águas do Rio Muriaé. Cerca de quatro mil pessoas estão na área de risco de alagamento.

De acordo com a prefeitura, o secretário de Defesa Civil, Henrique Oliveira, orienta as pessoas para que se direcionem para locais mais altos. “Pedimos que as pessoas deixem suas casas e vão para os morros que ficam ao lado da localidade, que é o ponto mais alto de Três Vendas. Pedimos também que o mínimo de gente fique no segundo andar de suas casas, dando prioridade à ida para os morros, já que o socorro chegará por lá”, ressalta Henrique.

O dique, de acordo com a prefeitura, fica na Rodovia BR-356, que foi destruída, interrompendo o tráfego de veículos. O rompimento abriu uma cratera de 20 metros na rodovia. O ponto onde houve o rompimento do dique na BR-356 foi o mesmo trecho que foi rompido com as chuvas do ano de 2009, segundo a prefeitura. Após o rompimento em 2009, o local foi manilhado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit).

Rio Paraíba do Sul

Segundo a prefeitura, o transbordamento do Rio Paraíba do Sul, que atingiu 11 metros às 17h de ontem, deixou 175 famílias desalojadas. A ponte Barcelos Martins foi interditada e a Saturnino de Brito, da Lapa, funciona só no sentido Centro-Guarus. Na madrugada de hoje, o nível do Rio Paraíba do Sul estava estabilizado em 11,05 metros.

Continua após a publicidade
Publicidade