Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rodízio em SP será suspenso nesta 6ª e só volta dia 14

As outras normas proibitivas ao tráfego, como as Zonas Máximas de Restrição à Circulação de Caminhões e Fretados, continuam vigentes

O rodízio municipal de veículos será suspenso nesta sexta-feira e só vai ser retomado em 14 de janeiro, início da terceira semana de 2013. Mas as outras normas proibitivas ao tráfego, como as Zonas Máximas de Restrição à Circulação de Caminhões e Fretados, continuam vigentes.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou, em nota, que a volta do rodízio no dia 14 “se faz necessária em razão do aumento do fluxo de veículos na cidade e ao término das férias das principais escolas com sede na capital”.

No fim do ano passado, os dias sem rodízio chegaram a ter 120 quilômetros de lentidão. Nesta terça-feira, por exemplo, mesmo com a chegada do Corinthians à cidade, a lentidão máxima na manhã foi de 74 quilômetros. Em virtude do alto índice de congestionamento durante as férias sem rodízio, técnicos da prefeitura cogitaram voltar com a restrição na temporada passada, mas a ideia foi logo abandonada.

Faixas reversíveis – Também por causa do baixo fluxo de carros no fim do ano, as faixas reversíveis organizadas pela CET para dar maior fluidez ao tráfego estão sendo desmontadas nesta semana. A faixa da Avenida Luís Dumont Vilares, na zona norte, já não está sendo mais montada. Na segunda-feira, véspera de Natal, as faixas das Pontes da Casa Verde, dos Remédios, do Piqueri e do Limão, além das das Avenidas Edgar Facó e Ordem e Progresso (todas ligando a zona norte ao centro) não vão funcionar. O mesmo vale para as faixas da Radial Leste e das Avenidas Giovanni Gronchi, Morumbi e M�Boi Mirim, na zona sul.

O retorno da operação das faixas vai variar de local para local. No caso das Pontes do Limão e dos Remédios, a volta deve ser no dia 7, primeira segunda-feira do ano. Na Avenida Ordem e Progresso e na Ponte do Limão, a volta será no dia 14. Já a faixa da Estrada do M�Boi Mirim deve ser suspensa apenas nos dias 24 e 31. Nos demais dias úteis, ela vai funcionar normalmente.

(Com Estadão Conteúdo)