Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rio registra novos ataques criminosos nesta quinta-feira

Mais de 14 veículos já foram incendiados desde a noite de quarta-feira

A onda de ataques criminosos no Rio de Janeiro entra nesta quinta-feira em seu quinto dia. A manhã foi marcada por novos ataques, que incluíram o incêndio de um caminhão, um carro e duas motos na avenida Brasil, em Barros Filho, no subúrbio. Mais cedo, um micro-ônibus foi queimado na rua do Bispo, na zona norte da capital. Outro ônibus foi incendiado por volta das 9 horas em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio.

Ainda pela manhã, mais dois ônibus e foram incendiados, um deles na rua Caxambu e outro na rua Guiraréia, no bairro de Rocha Miranda. Houve ataques também na Penha, subúrbio carioca, em Mesquita, na Baixada Fluminense, em Laranjeiras, na zona sul da capital e na Barra da Tijuca, zona oeste. Desde domingo, mais de 40 veículos foram incendiados. O número de mortos em meio à onda de violência já chega a 23, de acordo com balanço oficial da Polícia Militar.

Dois carros foram incendiados durante a madrugada. Um deles, por volta de 1h42, na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca. O outro veículo foi queimado na rua Jornalista Orlando Dantas, em Botafogo. Em ambos os casos, os criminosos não foram identificados por testemunhas nem detidos pela polícia. Não houve feridos. Em patrulhamento pela Rua da Laranjeiras, policiais militares detiveram um homem que carregava um coquetel molotov dentro de uma mochila. Não se sabe ainda se ele tem participação no caso ocorrido na rua Jornalista Orlando Dantas.

Por volta das 23h45 de quarta-feira, um motorista de ônibus foi baleado na cabeça durante uma ação de criminosos na avenida Brasil, no bairro de Cidade Alta, na Penha. Os bandidos ordenaram os passageiros de descessem do coletivo e atearam fogo ao veículo. A vítima foi levada em estado grave ao hospital estadual Getúlio Vargas. Ninguém foi preso. Outro ônibus foi queimado em Mesquita, na Baixada Fluminense, mas não houve feridos.