Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rio de Janeiro terá feriado durante a Rio+20

Prefeito Eduardo Paes enviará mensagem à Câmara, atendendo a pedido do governo federal. Objetivo é reduzir o tráfego, e facilitar o deslocamento das autoridades durante a cúpula

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, vai encaminhar um projeto de lei à Câmara Municipal para que seja decretado feriado municipal nos três dias da reunião de cúpula da Rio+20, no período de 20 a 22 de junho. A medida atende a um pedido feito pelo governo federal, nesta sexta-feira, durante uma reunião para acertar detalhes da organização da conferência das Nações Unidas.

Na Eco-92, foram criados corredores exclusivos para o deslocamento das autoridades. Dessa vez, no entanto, a medida não está prevista. Mais de 100 chefes de estado estarão na cidade para a conferência. Além de evitar transtornos ao evento e à população carioca, a redução do tráfego durante o feriado garantiria maior segurança aos chefes de estado convidados. O prefeito Eduardo Paes promoteu encaminhar o pedido já na próxima semana, em caráter de urgência, alegando o risco de o trânsito dar um nó.

Na reunião desta sexta-feira, no Palácio da Cidade, no Rio de Janeiro, também foi discutida a adequação da Base Aérea de Santa Cruz, na zona oeste da cidade, para servir como ponto de chegada de delegações, juntamente com o Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão.

LEIA TAMBÉM:

A segurança na Rio+20: o inimigo agora é outro