Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rio-2016: França irá compartilhar com Brasil inteligência contra terrorismo

Em visita ao país, ministro do Exterior francês ofereceu intercâmbio de informações para o combate a terroristas.

A França irá compartilhar com o Brasil inteligência de combate ao terrorismo para garantir a segurança da Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016. A informação foi anunciada neste domingo, em Brasília, durante uma coletiva de imprensa com o francês Laurent Fabius e Mauro Vieira — ministros do exterior da França e Brasil.

Leia também:

COP-21, um desafio para as forças de segurança francesas

O ministro francês está no Brasil para discutir a próxima cúpula climática da ONU, que acontecerá no final do mês em Paris. Ele afirmou que as autoridades de inteligência francesas poderão fornecer ao Brasil informações sobre potenciais ameaças. “O ministro Fabius ofereceu um possível intercâmbio de informações e experiências, o que para o governo brasileiro é muito bem-vindo”, disse Mauro Vieira.

Fabius argumentou que os atentados de 13 de novembro, em Paris, poderiam ter acontecido em qualquer lugar do mundo, o que significa que toda estratégia para combater o terrorismo tem de ser internacional.

Na semana passada, diplomatas em Brasília disseram à Reuters que os governos ocidentais estão preocupados com a segurança de seus atletas e turistas durante os Jogos Olímpicos de 2016 porque acreditam que muitas autoridades brasileiras são complacentes, assumindo – equivocadamente – que o país não corre riscos.

(Com Reuters)