Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘Réveillon dos riquinhos’ cancela evento no Facebook

Organizadores terão de devolver dinheiro aos que compraram ingressos para a festa, que não tem autorização. Evento queria isolar trecho da praia do Leblon

Por Pâmela Oliveira, do Rio de Janeiro 27 set 2013, 15h54

O ‘réveillon dos riquinhos’ terminou ainda longe de começar. Depois de a prefeitura afirmar que não daria autorização para a festa – que pretendia fechar um trecho de areia na praia do Leblon -, e o Procon multar a empresa que estava comercializando os ingressos, os organizadores do evento tiraram do ar a página criada no Facebook. Até quinta-feira, mais de 570 pessoas haviam confirmado presença na rede social. As entradas estavam sendo vendidas a 400 para mulheres e 500 para homens.

Quem já havia comprado seu ingresso deve receber o dinheiro de volta, segundo a secretária municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, Solange Amaral, que coordena o Procon Carioca. “Oficiamos a Ingresso Rápido para que informe o quanto foi vendido e como será feito o ressarcimento de quem comprou. A empresa tem até dez dias para dar essas informações”, explicou ela, ao site de VEJA.

Solange orienta as pessoas que não conseguirem recuperar a quantia paga a procurarem o órgão de defesa do consumidor. O Procon ainda determinou que seja divulgado oficialmente o cancelamento da festa, que prometia “público mais selecionado”, com serviço premium de bar e buffet, segurança privada e apresentação de DJs de sucesso na noite carioca, além de camarotes.

Leia também:

Leblon quer organizar o ‘réveillon dos riquinhos’ no Rio ‘Réveillon dos riquinhos’: Procon autua venda de ingressos

Continua após a publicidade
Publicidade