Clique e assine com 88% de desconto

Recuperados 13 dos 14 cadáveres de helicóptero que caiu no Peru

Por Da Redação - 10 jun 2012, 16h33

As brigadas de resgate recuperaram neste domingo 13 dos 14 cadáveres dos passageiros que viajavam em um helicóptero privado que se chocou na quarta-feira contra uma montanha no sudeste do Peru, com 11 estrangeiros a bordo, informou o diretor da polícia, Raúl Salazar.

Os resgatistas encontraram os corpos na fuselagem da aeronave, que caiu perto do pico nevado Mamarosa, a 4.900 metros de altitude, de onde foram levados até um patamar que serviu de base para o resgate, disse o chefe da polícia em declarações ao canal N de televisão.

“Falta apenas um, mas não sabemos ainda suas identidades”, disse Salazar.

Uma persistente nevada e um intenso frio (-15 graus) impediram até agora a recuperação do último cadáver, que está preso na fuselagem do helicóptero, no qual viajavam oito sul-coreanos, um holandês, um sueco e um tcheco, além de três peruanos (dois deles tripulantes), segundo a empresa HeliCusco, proprietária da aeronave.

Publicidade

O embaixador da Coreia do Sul no Peru sobrevoou de helicóptero a zona do acidente na companhia de autoridades locais.

Os sul-coreanos eram engenheiros e funcionários de quatro empresas de seu país que iriam a Cusco após sobrevoar um possível local para um projeto hidroelétrico próximo a Puno (sudeste, fronteira com a Bolívia), segundo o ministério sul-coreano de Relações Exteriores.

As vítimas serão levadas por terra ao necrotério da cidade de Ocongate, antes de ir para Cusco e para Lima, onde serão repatriados os estrangeiros.

O helicóptero foi encontrado no sábado por uma brigada policial da montanha, após quatro dias de busca por terra e ar. Segundo as primeiras investigações, a aeronave se chocou contra um lado rochoso da colina. O helicóptero, um Sikorsky S-58 ET, perdeu contato com a base na quarta-feira, na região de Hualla Hualla, entre os povoados de Ocongate e Marcapata, perto do nevado Apu Colque Cruz, enquanto voava entre Mazuco, no departamento (estado) de Madre de Dios, e Cusco.

Publicidade