Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Recife espera até 150.000 no adeus a Eduardo Campos

Corpo do ex-governador e de sua equipe devem chegar a Pernambuco à noite

Por Laryssa Borges 16 ago 2014, 12h02

O governo de Pernambuco estima que entre 100.000 e 150.000 pessoas compareçam ao velório do ex-governador e candidato à Presidência da República Eduardo Campos, a ser realizado diante da sede do governo, o Palácio Campos das Princesas, em Recife. Uma estrutura especial foi montada diante do Palácio para receber a cerimônia fúnebre.

No mesmo local, serão velados os corpos de Carlos Augusto Ramos Leal Filho (o Percol), assessor de imprensa de Campos, e Alexandre Severo, fotógrafo da campanha do presidenciável. O cinegrafisa Marcelo de Lyra, o ex-deputado Pedro Valadares Neto, assessor particular de Campos, e os pilotos Geraldo da Cunha e Marcos Martins serão seputados em outras cidades. Todos morreram no acidente aéreo ocorrido na última quarta-feira em Santos, litoral de São Paulo.

Os restos mortais de Campos e das demais vítimas do acidente permanecem no Instituto Médico Legal de São Paulo, onde é feito o reconhecimento dos corpos por exames de DNA. A previsão é que deixem São Paulo até as 18h deste sábado. O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), que foi secretário do governo de Campos e chegou ao atual cargo pelas mãos do ex-governador, e o candidato do PSB ao governo do estado, Paulo Câmara (PSB), acompanharão o traslado até o Recife. A previsão é que os restos mortais cheguem entre 21h e 22h deste sábado.

O governo pernambucano afirmou que o translado dos corpos será feito em um avião modelo Hércules, da Força Aérea Brasileira (FAB). A expectativa é que o funeral reúna um público maior do que o visto há nove anos, na cerimônia de despedida de Miguel Arraes, ex-governador de Pernambuco e avô de Campos: na ocasião, 80.000 pessoas foram se despedir do político.

Ao chegar à Base Aérea do Recife, que fica próxima ao Aeroporto Internacional dos Guararapes, na Zona Sul da cidade, a comitiva deve levar os corpos diretamente para o Palácio, onde será iniciado o velório. O trajeto em carro aberto foi definido pela viúva de Campos, Renata, e por familiares, que acompanharão o percurso ao lado de autoridades em vans.

Continua após a publicidade

Leia também:

Abatida, mãe de Campos pergunta: ‘Por que ele, não eu?

Os restos mortais de Campos serão transportados em carro do Corpo de Bombeiros da base aérea do Recife até o Palácio Campo das Princesas. Os corpos de Percol, Severo e Lyra serão transportados em carros funerários. Lyra será velado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista (PE).

Uma foto de cada um será colocada sobre os caixões, que devem estar cobertos com as bandeiras do Brasil. A viúva de Campos já escolheu a foto que ficará sobre o caixão do marido: o candidato aparecerá com uma bandeira do Brasil ao fundo.

No domingo, está marcada para as 10h uma missa campal, também em frente ao Palácio. O evento, realizado a pedido da família de Campos, será aberto ao público. O sepultamento deve ocorrer entre 16h e 17h no cemitério de Santo Amaro, também no centro do Recife.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade