Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Recibos em nome falso e arma são encontrados na casa de Abdelmassih

Ministério Público do Paraguai começou a investigar a rede que ajudou o ex-médico a conseguir identidade falsa no país vizinho

Por Bela Megale 22 ago 2014, 20h57

A procuradora do Ministério Público do Paraguai Lorena Ledesma começou a investigar nesta sexta-feira o processo de falsificação de identidade de Roger Abdelmassih, que usava documentos em nome de Ricardo Galeano. Ela passou a tarde na mansão em que o ex-médico vivia com sua família entre os bairros Villa Morra e San Cristóban, na capital paraguaia. Lá, encontrou uma arma de fogo, computadores e recibos de transações financeiras em nome de Galeano.

“Eram realizadas em pequenos montantes, mas numa frequência muito grande mostrando que ele tinha uma movimentação intensa de dinheiro”, disse a procuradora. A ideia é que as empresas citadas na documentação ajudem a desmembrar a rede que colaborou para que Abdelmassih obtivesse a identidade falsa.

A casa também chamou a atenção do Ministério Público por ser muito bem equipada, com quatro quartos grandes, banheira, sauna, piscina e acomodações para empregados. Por toda parte havia fotos dos gêmeos de três anos que Larissa teve com Roger Abdelmassih já enquanto ele estava foragido.

Leia também:

Cunhada ajudou a sustentar Abdelmassih no exterior

Interpol aciona Paraguai para achar mulher de Abdelmassih

Continua após a publicidade
Publicidade