Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Raupp diz que vê Chalita como ‘terceira via’ em SP

Por Andrea Jubé Vianna

Brasília – O presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), comparou a futura candidatura do deputado federal Gabriel Chalita (PMDB-SP) à Prefeitura de São Paulo à trajetória da ex-senadora Marina Silva, que conquistou 20 milhões de votos na última corrida presidencial. “Chalita será o candidato da terceira via”, definiu Raupp.

O peemedebista aposta na formação de três chapas fortes na próxima eleição municipal, encabeçadas pelo PMDB, PT e PSDB. Na semana passada, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, reafirmou a Raupp que não disputará com Chalita a vaga de candidato a prefeito pelo PMDB. Na comparação de Chalita com Marina Silva, Raupp ressalvou, apenas, que a diferença é que ele “vai ganhar”. Ele acrescentou que a pré-candidatura de Chalita “não tem volta”, nem mesmo com o assédio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele seja vice de Haddad.

O cenário previsto por Raupp em São Paulo contempla a candidatura peemedebista encabeçada por Chalita, em aliança com o DEM, uma chapa petista encabeçada pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, e outra tendo à frente um nome apoiado pelo PSDB, tendo como aliados o PSD do prefeito Gilberto Kassab, o PSB e o PV. Raupp vê o PT enfraquecido, sem aliados históricos como o PMDB, PSB e PDT, que lançou a pré-candidatura do deputado Paulo Pereira da Silva, presidente da Força Sindical.

Raupp almoçou na semana passada com Skaf, que lhe garantiu que seu projeto no PMDB é concorrer ao governo do Estado em 2014. Com essa declaração de Skaf, os ânimos se acalmam no diretório paulista do partido. Segundo Raupp, o próximo passo é integrar plenamente o presidente da Fiesp à pré-campanha de Chalita. O vice-presidente Michel Temer entrou em campo para promover a aproximação de Chalita e Skaf. Os três embarcaram juntos em missão oficial ao Líbano.