Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Que fim levou a tartaruga que virou símbolo do desastre ambiental

Especialistas de uma ONG socorreram e limparam o animal, que não corre mais perigo e está agora sob os cuidados do Ibama

Por Giovanna Romano, André Siqueira Atualizado em 22 out 2019, 13h15 - Publicado em 22 out 2019, 11h46

Um vídeo do resgate de uma tartaruga completamente coberta de piche na praia de Maragogi (AL) transformou-se em uma espécie de símbolo do desastre de derramamento de óleo no litoral brasileiro. A imagem impressionante viralizou na internet no fim de semana. Algumas celebridades se manifestaram nas redes sociais comentando a cena, a exemplo da atriz Sônia Braga. Ela compartilhou o vídeo, lembrou o número de animais afetados pelo desastre e pediu providências ao governo: “Não é apenas muito grave, mas urgente. E que identifiquem a origem e os culpados por esse crime ambiental”.

Depois de ser resgatada no último dia 16, a tartaruga em questão, que é da espécie Cartta caretta, recebeu os primeiros socorros das pessoas que a encontraram na praia. Elas limparam parte do óleo da cabeça do animal. Em seguida, o bicho ficou sob os cuidados de especialistas do Instituto Biota e do Centro de Despetrolização do Ibama em Sergipe. No trabalho foi utilizado óleo vegetal com gaze para limpar as áreas mais sensíveis do animal, como a cavidade oral e ocular. “Ela não corre riscos e quando estiver totalmente recuperada será devolvida ao mar”, afirma a veterinária Luciana Medeiros, que faz parte do time de profissionais que cuidou do caso.

De acordo com o Instituto Biota, no mesmo dia do resgate da tartaruga, houve também o encalhe de três aves completamente oleadas no município. Uma delas, um ganso, não resistiu e morreu antes de ser resgatado. Foi prestado atendimento veterinário para as outras duas aves. Segundo o último balanço do Ibama, vinte animais morreram em decorrência do vazamento de petróleo.

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)