Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PT terá maior tempo gratuito em rádio e TV em Salvador

Por Tiago décimo

Salvador – O candidato petista à prefeitura de Salvador, Nelson Pelegrino, vai ter quase metade do tempo total de propaganda eleitoral em rádio e TV para reverter o histórico de três derrotas na disputa pelo executivo soteropolitano (1996, 2000 e 2004). Dos 30 minutos de propaganda, o petista terá 13 minutos e 49 segundos.

O tempo de Pelegrino é quase três vezes maior que os de ACM Neto (DEM) e Mário Kertész (PMDB), o segundo e terceiro com mais publicidade gratuita nas mídias, com 5 minutos e 29 segundos e 5 minutos e 8 segundos, respectivamente. Os outros três candidatos à prefeitura, Márcio Marinho (PRB), Hamilton Assis (PSOL) e Rogério da Luz (PRTB), somados, terão pouco mais de 5 minutos para pedir votos.

A divisão do tempo na propaganda eleitoral foi definida após o PDT anunciar, na tarde desta terça-feira, o apoio a Pelegrino. A legenda foi a última a se posicionar por ter perdido a vaga de vice na chapa petista para o PCdoB. O partido havia, inicialmente, condicionado o apoio ao PT ao posto. Líderes pedetistas chegaram a se reunir com o comando do PMDB na Bahia para tentar emplacar o vice de Kertész, mas como a negociação não avançou, o PDT decidiu pelo apoio ao PT na eleição majoritária.

Com a adesão pedetista, a chapa de Pelegrino passa a ser apoiada por 15 partidos – todos os da base do governador Jaques Wagner (PT), entre eles o PP, do atual prefeito João Henrique Carneiro, além do PR, que rompeu com o governo no ano passado, mas negocia o retorno à bancada. ACM Neto tem o apoio de PSDB, PV, PPS e PTN.

O PMDB, oposição ao PT na Bahia, que havia anunciado que disputaria a eleição sozinho, recebeu no fim de semana a adesão do PSC à candidatura de Kertész. O PRB se coligou ao PSL. PSOL e PRTB não contam com aliados.