Clique e assine a partir de 9,90/mês

Psicólogos assistirão crianças em São Caetano do Sul

Por Da Redação - 26 set 2011, 13h05

Por Solange Spigliatti

São Paulo – Seis psicólogos da Prefeitura de São Caetano, na Grande São Paulo, devem prestar atendimento aos professores, funcionários e alunos da Escola Municipal Professora Alcina Dantas Feijão durante esta semana. Na escola, um aluno, de 10 anos, atirou contra uma professora na tarde da última quinta-feira e se suicidou.

Segundo a diretora, Márcia Gallo, os psicólogos chegaram à escola por volta das 7h30 de hoje e devem permanecer por toda a semana. Foi feita uma reunião entre os especialistas e a direção da escola para discutir uma estratégia a ser implantada.

Os psicólogos foram divididos em três grupos e vão atender funcionários e professores que desejem falar com eles. Os alunos poderão ser atendidos a partir da próxima quarta-feira, quando está previsto o retorno das aulas dos três períodos.

De acordo com a diretora, num primeiro momento será impossível a normalização das aulas com conteúdo, pois ainda deve ocorrer uma repercussão do incidente no retorno dos alunos. Os psicólogos deverão também tentar identificar quais estudantes precisarão de assistência maior.

Continua após a publicidade
Publicidade