Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Protestos, Previdência e FGTS nas manchetes de 27/03/2017

Difusão da pauta pode ser a causa da pequena adesão às manifestações em apoio à Operação Lava Jato

O público pequeno das manifestações em apoio à Operação Lava Jato é destaque nos principais jornais do país nesta segunda-feira. Para a Folha de S.Paulo, a adesão menor se deve à difusão da pauta dos protestos. A Previdência é manchete em O Estado de S.Paulo. O jornal informa que 22 estados operam no vermelho. Já O Globo traz pesquisa da FGV sobre como a população pretende gastar o FGTS resgatado. De acordo com a publicação, a maioria quer quitar dívidas e poupar dinheiro.

Folha de S.Paulo
Atos a favor da Lava Jato levam menos gente às ruas
As manifestações ocorreram em 21 capitais. Em São Paulo, 15.000 pessoas compareceram à Avenida Paulista, segundo os organizadores. A PM afirmou que em Brasília havia 500 manifestantes, enquanto no Rio os organizadores não divulgaram dados. Para grupos que coordenam os atos, a adesão menor se deve à difusão da pauta dos protestos.

Teste aponta que prefeitura só atende 7 em 30 queixas
Feito pela Folha, teste apresentou à Prefeitura de São Paulo queixas sobre falhas de zeladoria na cidade, por meio do serviço 156. O combate a problemas de zeladoria foi marca do início de mandato do prefeito João Doria.

O Estado de S.Paulo
Previdências de 22 Estados e do DF operam no vermelho
Em apenas 6 anos, o rombo das previdências estaduais passou de R$ 49 bilhões para R$ 77 bilhões. Três estados gastam mais de 20% de suas receitas apenas para pagar aposentados e pensionistas. Para analistas, situação é insustentável.

O Globo
Só 10% gastarão dinheiro do FGTS
Pesquisa feita pela FGV mostra que a maioria da população prefere pagar dívidas e poupar.

Valor Econômico
Receita cobra milhões da “elite” dos delatores
A Receita Federal começou a cobrar tributo sobre a propina e ganhos ocultos dos delatores pioneiros da Operação Lava-Jato. Ao receber recursos ilegais, eles terão de pagar Imposto de Renda e multa de até 200%, mesmo após o dinheiro ter sido devolvido.

Correios preparam megacorte
Com prejuízo de quase R$ 500 milhões nos dois primeiros meses do ano e depois de frustrar-se com a baixa adesão ao plano de desligamento voluntário, os Correios avaliam como driblar a estabilidade dos empregados e fazer “demissões motivadas” para cortar até 25 mil funcionários.

Estado de Minas
De volta ao trabalho
Pela primeira vez desde abril de 2015, as contratações superaram as demissões. O saldo positivo de 35.612 vagas, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, sinaliza uma trégua no desemprego. Minas Gerais foi o quarto estado que mais gerou postos de trabalho (9.025), atrás de São Paulo (25.412), Santa Catarina (14.858) e Rio Grande do Sul (10.602).

Jornal do Commercio
“Liquida dívida” começa hoje em todo o país
A Serasa Experian realiza a primeira edição do Liquida Dívidas em quase 20 mil postos de atendimento e pela internet a partir desta segunda-feira. Consumidores com contas atrasadas poderão renegociar dívidas e condições especiais de pagamento até o dia 2 de abril. Os descontos podem chegar a 90%.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Cesar Martins

    Operação Lava a Jato, sem prisões, não passa de um lava a jato, onde a água suja escorre pelo ralo.

    Curtir