Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Professores municipais encerram greve após 41 dias

Categoria aceitou proposta da prefeitura de abono de 15,38% aos salários e anunciou fim da paralisação em frente à Câmara Municipal

Professores da rede municipal de São Paulo encerraram nesta terça-feira a greve iniciada há 41 dias. A decisão foi anunciada em assembleia realizada em frente à Câmara Municipal, no centro da capital, após uma reunião entre representantes do sindicato e da prefeitura. Um grupo de manifestantes acampava em frente à sede da prefeitura desde a semana passada. As aulas devem voltar ao normal nesta quarta-feira.

A categoria aceitou a proposta da administração municipal: incorporar o bônus de 15,38% aos salários, em três parcelas, a partir de maio de 2015 até novembro de 2016 . A medida eleva o piso salarial dos professores com jornada semanal de 40 horas/aula de 2.600 para 3.000 reais. Outra vitória do sindicato foi o intervalo de quinze minutos para funcionários dos Centros de Educação Infantil, antigas creches – hoje, eles não têm nenhum intervalo.

O sindicato aceitou a fim da greve com a condição de que professores receberiam pelos dias paralisados.

Leia também:

O país da Copa está em greve

O que os policiais civis têm a ensinar aos professores