Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Professora é morta estrangulada em aula de catequese no RS

Segundo testemunhas, o assassino anunciou um assalto e pediu a chave do carro, mas logo depois amarrou as vítimas e disse que era motivado por vingança

Uma professora foi agredida e morta por estrangulamento após ser retirada à força da aula de catequese que ministrava em uma capela no município de Estância Velha, no Rio Grande do Sul, na noite desta quinta-feira, 31. Elaine Maria Tretto, de 51 anos, era pedagoga aposentada e ex-diretora de uma escola pública de ensino infantil da cidade, que fica a cerca de 50 quilômetros de Porto Alegre. Ela dava aulas de ensino religioso para adultos da comunidade no bairro Nova Estância.

Segundo o delegado Luis Fernando Nunes da Silva, que comanda a investigação do caso, um homem que usava capacete com viseira invadiu a sala por volta das 19h30 e levou Elaine até um banheiro, onde a enforcou e a assassinou.

No local havia três alunas, que foram amordaçadas e algemadas. Elas conseguiram fazer barulho e foram ouvidas pela vizinhança, que foi ao local e chamou a polícia e a Brigada Militar da cidade, que tem 50 mil habitantes.

As testemunhas relatam que o assassino chegou ao local anunciando um assalto e pediu a chave do carro. Logo depois, teria começado a amarrar as quatro mulheres, afirmando que era motivado por vingança, pois Elaine teria feito mal a seu irmão.

O delegado Silva, por enquanto, não descarta nenhuma hipótese para o crime. “A vítima era casada e tinha um filho de 19 anos. Era conhecida na região e não tinha inimigos”, disse.

O assassino fugiu e não havia sido localizado até a manhã desta sexta-feira. A Capela Nossa Senhora Auxiliadora foi isolada, e o delegado afirma que direcionou todos os recursos para a investigação do caso.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Que Deus tenha piedade da alma deste assassino, matar uma agente religiosa em plena aula de catequese.

    Curtir

  2. Osmar Serrragem

    Mais uma vitima de homicidio covarde, neste pai sem lei, onde traficantes criminosos são “charmosos” endeusados, nas novelas da Globo…

    Curtir