Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Problema em avião da Latam cancela voos de SP a Madri e Paris

Airbus A350, que voaria para a capital francesa no domingo 23, não chegou a sair da pista porque um dos sensores localizados na asa indicou uma falha

Um problema apresentado por um Airbus A350 da Latam que sairia do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP) a Paris na noite de domingo 23, causou o cancelamento de novos voos da companhia para a capital francesa e também para Madri, na Espanha.

O voo LA8108, com destino ao aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, não chegou a sair da pista porque um dos sensores localizados na asa do Airbus A350 indicou uma falha. Segundo a empresa, o avião passou por uma “manutenção corretiva”.

Caso o voo não tivesse sido cancelado, o mesmo avião faria o trajeto de volta, de Paris a Guarulhos, no voo LA8101 na segunda, 24, e, ao chegar à Grande São Paulo, faria novo trajeto de ida e volta para Madri, na Espanha – o voo LA8064 partiria no dia 24 e o LA8065 no dia 25.

Veja também

No entanto, como o Airbus A350 teve de passar por manutenção, os quatro voos, para e de Paris e Madri, foram cancelados. Segundo comunicado da Latam, os voos para a capital francesa foram reprogramados e os passageiros que voariam de/para Madri foram “acomodados em companhias parceiras e/ou encaminhados para o destino final por outras rotas da empresa.”

Confira, abaixo, a nota da Latam:

A LATAM Airlines Brasil informa que uma de suas aeronaves Airbus A350 está passando por uma manutenção corretiva após um dos seus sensores localizados na asa indicar uma falha. A aeronave faria o voo LA8108 (São Paulo/Guarulhos – Paris), de domingo (23), e o LA8101 (Paris – São Paulo/Guarulhos) de ontem (24). Chegando no Brasil, a mesma aeronave partiria para Madrid na Espanha, com o número LA8064 (São Paulo/Guarulhos – Madrid) de hoje (24) e voltaria como LA8065 (Madrid- São Paulo/Guarulhos) hoje (25). Todos os quatro voos foram cancelados e os passageiros estão recebendo a assistência necessária.

Os passageiros com destinos de/para Paris tiveram os seus voos reprogramados e os que voariam de/para Madrid foram acomodados em companhias parceiras e/ou encaminhados para o destino final por outras rotas da empresa.

A companhia reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.

Belo Horizonte

Um outro problema envolvendo um voo da Latam está sendo investigado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa). Na madrugada da última quinta-feira 20, um avião decolou de Guarulhos, pouco depois da meia-noite, teve de fazer um pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte-Confins.

O Boeing 777 que levava 339 passageiros em um voo para Londres, capital inglesa, sofreu uma pane. Durante a aterrizagem, os pneus da aeronave foram danificados. Segundo a BH Airport, concessionária que administra o terminal, a pista foi interditada às 1h43 e liberada totalmente para pousos e decolagens somente às 22h48. A concessionária informou que o reparo da aeronave, que teve vários pneus danificados, foi concluído às 21h58.

A Latam informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que todos os passageiros do voo foram transportados para o Aeroporto de Guarulhos, onde embarcaram em outro avião da empresa para Londres. Na sexta-feira, 21, uma equipe de investigadores esteve no local para uma ação inicial da ocorrência envolvendo a aeronave que, além dos passageiros, estava também com 16 tripulantes a bordo.

(com Agência Brasil)