Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Preso suspeito de degolar família no Rio Grande do Sul

Homem de 24 anos era namorado de uma das vítimas. Polícia acredita que o crime tenha sido passional

Foi preso temporariamente nesta segunda-feira Claudiomar da Rosa, de 24 anos, principal suspeito da chacina de uma família em Restinga, na Zona Sul de Porto Alegre, no último sábado. Todas as vítimas – três mulheres e um menino de 6 anos – foram degoladas. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Rosa era namorado de uma das vítimas, Lauren Fim, de 26 anos, mãe do menino morto. Investigadores acreditam que o crime tenha sido passional e que o suspeito agiu sozinho.

Na manhã de sábado, as vítimas foram encontradas com cortes profundos no pescoço na casa em que viviam. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Paulo Grillo, os ferimentos foram feitos com pedaços de vidro, um dos principais indícios contra Rosa, em cujas mãos foram encontrados pedaços do material. Morreram também a mãe de Lauren e uma prima dela.

Segundo familiares da vítima, Rosa não aceitava o fim do relacionamento. Pelas redes sociais, ele chegou a enviar mensagens a Lauren em tom de ameaça. “Você pode me ver feliz. Vai ter o que merece”, escreveu.

A SSP do Rio Grande do Sul informou que as investigações continuam. Agentes analisam câmeras de segurança de bares e hotéis pelos quais o homem teria passado naquela madrugada. Ele se apresentou à delegacia de polícia na tarde de segunda-feira, mas negou envolvimento no caso.