Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente do PT nega que haja crise entre aliados

Por Evandro Fadel

Curitiba – O presidente nacional do PT, Rui Falcão, negou hoje, em Curitiba, que haja qualquer crise envolvendo partidos aliados, particularmente o PMDB, ou que as acusações de corrupção estejam interferindo no trabalho normal do governo federal. “Não há qualquer crise, não vim aqui tratar de crise”, afirmou. “Não há crise nos ministérios, os ministros continuam trabalhando, o PAC, o Minha Casa Minha Vida estão funcionando”, acrescentou.

Falcão esteve na capital paranaense para participar de uma plenária, em que se discutiu o planejamento para as eleições municipais do próximo ano. Segundo ele, a presidente Dilma Rousseff está agindo de forma correta em relação às denúncias de corrupção, assim como já teria feito o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos oito anos anteriores.

“Todas as denúncias de corrupção têm sido apuradas”, salientou. “Não só apoiamos as iniciativas de apuração como as ações estão coerentes com a trajetória do PT”. Falcão acentuou que isso só é possível porque desde o governo anterior a Polícia Federal e a Receita Federal passaram a ser valorizadas, além de os ministérios contarem com seus próprios instrumentos de inteligência. “Há mais mecanismos de controle para cuidar que os recursos públicos sejam bem aplicados”, disse.