Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Presidente da Vale diz não saber causa do rompimento de barragem

Vale informou que havia empregados na área administrativa, que foi atingida pelos rejeitos, o que indica a possibilidade de existência de vítimas

Por Redação Atualizado em 25 jan 2019, 18h53 - Publicado em 25 jan 2019, 18h16

O presidente da Vale, Fabio Schvartsman, disse nesta sexta-feira, 25, em entrevista à GloboNews que ainda não era sabia a extensão nem a causa do rompimento da barragem de Sobradinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O executivo disse que confirmava com pesar o acidente. “Não existem palavras pela dor que estou sentindo com o que terá sido causado às vítimas, se elas existirem. Mas pelo volume de coisas que aconteceram, certamente tem”, afirmou.

Schvartsman disse que tinha acabado de chegar da Suíça e que “assim que o tempo abrisse” pegaria um avião para ir ao local. “A Vale, como um todo, vai se preocupar profundamente com as vítimas. Vai resgatar e atender as pessoas e fazer tudo que estiver ao seu alcance para tentar enfrentar essa situação inimaginável.”

Em nota, a Vale informou que havia empregados na área administrativa, que foi atingida pelos rejeitos, o que indica a possibilidade de existência de vítimas. Parte da comunidade da Vila Ferteco também foi atingida. Segundo o Corpo de Bombeiros, existem cerca de 200 desaparecidos.

Os recibos de ações (ADRs) da Vale despencam quase 10% na Bolsa de Nova York nesta sexta-feira, 25. Por volta das 18h08, as ADRs da Vale recuavam 9,35%, negociadas a 13,47 dólares.

Para André Perfeito, economista-chefe da Necton, o rompimento da barragem exigirá uma resposta do governo federal. “A questão fica agora na mão do governo que terá que lidar rapidamente com essa situação uma vez que tem se posicionado contra o fortalecimento do Ministério do Meio Ambiente. Isso é particularmente sensível para investidores estrangeiros.”

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês