Clique e assine com até 92% de desconto

Prefeito é morto a tiros em mato grosso

Por Da Redação 6 ago 2011, 16h08

Por Solange Spigliatti

São Paulo – O prefeito de Nova Canaã do Norte, Antonio Luiz Cesar de Castro (DEM), foi assassinado ontem, dia 5, à noite por um homem ainda não identificado. Luizão, como era conhecido o prefeito da cidade mato-grossense que fica a cerca de 700 quilômetros da capital, Cuiabá, tinha 43 anos, era casado e tinha dois filhos.

Luizão participava de uma festa em um clube quando um homem se aproximou, disparou ao menos seis tiros contra a vítima e fugiu a pé. Segundo nota divulgada pelo governo estadual, o crime aconteceu por volta das 22h e o criminoso usava um capuz, o que impediu que testemunhas o identificassem.

As testemunhas já ouvidas pela Polícia Civil declararam que, ao se aproximar do prefeito, o autor dos disparos perguntou se ele era Luizão, atirando apenas após ter a confirmação. Os tiros atingiram o tórax e as costas da vítima, que morreu no local onde foram recolhidos projéteis de calibre 38.

Ao chegar na cidade esta manhã, dia 6, para acompanhar o velório de Luizão, o governador Silval Barbosa lamentou a morte do prefeito e determinou a imediata investigação do caso. Uma equipe da Força Tática do município de Sinop e o comando regional da Polícia Militar de Alta Floresta, municípios da região, está auxiliando na busca do assassino.

Luizão é o segundo prefeito assassinado no estado em menos de duas semanas. O prefeito de Novo Santo Antônio, Valdenir Antônio da Silva (PMDB), também foi morto a tiros em sua casa no dia 24 de julho. As informações são da Agência Brasil.

Continua após a publicidade
Publicidade