Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prefeito de Araripina-PE é afastado por improbidade

Por Angela Lacerda

Recife – O prefeito de Araripina (PE), Lula Sampaio (PTB), foi afastado hoje do cargo pelo Ministério Público de Pernambuco (MP-PE) e o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE). Alvo de investigação iniciada no ano passado, ele e mais três correligionários são acusados de montar esquema de desvio de verbas públicas que teria resultado em um prejuízo avaliado em R$ 2 milhões para os cofres municipais.

Documentos e equipamentos de informática da prefeitura também foram apreendidos pela operação conjunta em Araripina. Dentro do esquema de corrupção teriam sido realizados saques, na boca do caixa do Banco do Brasil, sem a devida comprovação: entre novembro e dezembro de 2009, teria sido sacado mais de R$ 1 milhão, quantia entregue diretamente ao tesoureiro Aílton José Marques, no banco. Outros R$ 450 mil foram depositados na conta do filho do tesoureiro, Anderson Marques Torres, então com 18 anos.

De acordo com o MP-PE, a prefeitura estaria contratando empresas de fachada para desviar recursos, fazendo pagamento de despesas públicas por meio de contas correntes “laranjas” e efetuando gastos excessivos com shows e bandas musicais. Para a promoção de festas de carnaval, R$ 360 mil teriam sido repassados, sem licitação, para uma única empresa, de propriedade da esposa do secretário municipal de Turismo.

Segundo o MP-PE, uma das táticas utilizadas para desviar recursos públicos foram as sucessivas mudanças nos softwares da prefeitura como forma de justificar a ausência de prestação das informações contábeis e financeiras do município para os órgãos de controle. O afastamento será por seis meses, para não atrapalhar as investigações. O vice-prefeito Alexandre Arraes (PSB) assumirá o cargo.