Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pré-candidatos lançarão 3ª via, anuncia Netinho

Por Daiene Cardoso e Elizabeth Lopes

São Paulo – Em nome de uma candidatura de oposição ao PT e ao PSDB, os pré-candidatos à Prefeitura de São Paulo Netinho de Paula (PCdoB) e Celso Russomanno (PRB) vão se reunir na próxima semana com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), para formalizar a criação de uma chapa única ao lado do pré-candidato peemedebista, o deputado federal Gabriel Chalita.

A ideia é formar uma aliança encabeçada pelo pré-candidato que esteja melhor posicionado nas pesquisas de intenção de voto em junho, período em que acontecem as convenções partidárias. O bloco que fará frente ao petista Fernando Haddad e ao tucano José Serra deve reunir também o pré-candidato do PDT, deputado federal Paulo Pereira da Silva, e a pré-candidata do PPS, Soninha Francine. Juntos no mesmo palanque, os cinco partidos podem ter mais de cinco minutos de tempo de TV.

Em visita ao Grupo Estado, o vereador Netinho de Paula revelou que a conversa com Temer será a primeira iniciativa de aproximação em bloco dos pré-candidatos. Segundo o vereador, o objetivo é lançar uma chapa que tenha chances reais de fazer frente ao PT e ao PSDB na campanha eleitoral. “Sozinhos somos uma aventura que não pode ser levada à sério”, argumentou Netinho. A expectativa do vereador é que a aliança seja selada na reunião com Temer, que é presidente licenciado do PMDB, e com Chalita. “Nossa ideia é tirar esse acordo lá (em Brasília)”, afirmou.

De acordo com Netinho, os pré-candidatos concordam com a ideia de usar as pesquisas de intenção de voto para definir o cabeça de chapa do bloco. Assim, seria levado em consideração não só o melhor colocado nos levantamentos, como quem tiver a menor rejeição entre os eleitores paulistanos. Ele lembrou que foi o primeiro a se colocar como candidato (quando perdeu a disputa pelo Senado em 2010) e admitiu que estaria disposto a abdicar de sua pré-candidatura em favor da terceira via. “Se eu tiver de abrir mão para que tenhamos uma grande chapa, é claro que eu abriria”, anunciou. “Não preciso necessariamente ser vice”, completou.

Netinho deixou claro que espera o mesmo “desprendimento” do PMDB caso Chalita não decole nas pesquisas. “A vontade dele (Chalita) não é maior que a de ninguém”, disse. Entre os pré-candidatos da “terceira via”, Russomanno aparece no último Datafolha (divulgado em março) com 19%, Netinho tem 10% e Paulinho 8%. Chalita e Soninha aparecem na mesma pesquisa com 7% cada. A pesquisa é liderada por Serra, com 30%, e Haddad tem apenas 3%.

Durante entrevista à Rádio Estadão/ESPN, Netinho disse que a terceira via “faz bem a São Paulo”. “Eles (PT e PSDB) estiveram no posto (de prefeito) nos últimos 20 anos e não conseguiram resolver os problemas que são crônicos na cidade”, criticou.”Eu acredito que essa terceira via com os partidos que têm, na figura de seus candidatos, pessoas mais jovens, jovens políticos sem vícios, sem amarrações ou dívida com setores da iniciativa privada, podem sim fazer a diferença na cidade de São Paulo”, defendeu.

Netinho foi o quarto pré-candidato à Prefeitura de São Paulo a participar da série de entrevistas sobre eleições municipais, promovida pelo Grupo Estado. A primeira entrevistada foi Soninha Francine (dia 17), seguida de Fernando Haddad (dia 18) e de Russomanno (dia 20). Na sexta-feira (27) será a vez de Gabriel Chalita. O pré-candidato do PSDB, José Serra, ainda não confirmou a data de sua participação.