Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

População confundiu peça de torre com avião no mar

Moradores haviam informado queda de aeronave de pequeno porte no litoral norte de PE, que mobilizou o Corpo de Bombeiros

Não houve queda de avião na tarde desta quarta-feira no litoral norte de Pernambuco. Uma peça de uma torre de petróleo que estava sendo transportada para o Porto de Suape foi confundida com um avião de pequeno porte e fez com que moradores entrassem em contato com o Corpo de Bombeiros informando do suposto acidente em Ponta de Pedras, no município de Goiana, a 65 quilômetros do Recife.

“A posição da peça, com o reflexo do sol, deu a entender que era um avião caído com a asa quebrada. A população, apavorada, passou a ligar pedindo socorro”, afirmou, nesta quinta-feira, o comandante do Corpo de Bombeiros de Pernambuco, coronel Carlos Casanova.

O esquema de resgate montado para fazer buscas foi suspenso. No final da tarde desta quarta, o helicóptero dos bombeiros chegou a sobrevoar a área, assim como uma aeronave da Polícia Rodoviária Federal, e nada foi localizado. Supunha-se que se tratava de um bimotor. As buscas continuariam nesta quinta.

De acordo com Casanova, o Porto de Suape confirmou que houve o transporte de um queimador – peça de grande porte que será instalada na plataforma de petróleo P62 no Estaleiro Atlântico Sul.

(Com Estadão Conteúdo)