Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Políticos e artistas prestam homenagens após relato de morte de ativista

Ativista, que coletou denúncias contra João de Deus, morreu aos 38 anos

Gabriel Baum, filho da ativista Sabrina Bittencourt, de 38 anos, anunciou na noite de sábado 2 o falecimento da sua mãe, que, segundo ele, vivia em Barcelona e cometeu suicídio no Líbano. O Consulado-Geral de Beirute, no Líbano, diz não ter recebido nenhuma comunicação oficial do falecimento de brasileiros no país neste final de semana.

A notícia repercutiu com muita tristeza entre personalidades admiradoras de Bittencourt, que coletou denúncias contra o médium João de Deus e criou o movimento Combate ao Abuso no Meio Espiritual (Coame). Neste domingo 3, políticos e artistas a homenagearam com a hashtag #EuSouSabrinaBittencourt.

Veja algumas postagens em tributo à ativista:

Manuela d’Ávila, política

 

Patrícia Pillar, atriz

 

Sâmia Bonfim, deputada federal

 

Felipe Neto, youtuber e empresário

Fafá de Belém, cantora

View this post on Instagram

Sabrina foi importantíssima para trazer à tona o caso de João de Deus. Ela também ajudou a desmascarar mais 2 líderes religiosos e preparava um dossiê contra outros 13, que cometiam e/ou cometem os mesmos tipos de abuso contra mulheres vulneráveis. Mas Sabrina não aguentou. Ela lutou até onde conseguiu. Vivendo fora do país e se mudando constantemente por conta de ameaças, essa guerreira, que travou uma luta por todas nós e fez dessa luta a razão de sua vida, se foi na noite de ontem. Nós perdemos uma brava guerreira, mas seu legado é imenso e a luta continua, sem sua presença física, mas também por ela! Descanse, Sabrina. Obrigada por tudo. . . “Volto pro vazio e deixo minha essência em PAZ. Aos meus amigos, amadas e amantes, nos encontraremos um dia! Sintam meu amor incondicional através do tempo e do espaço. SIM e FIM” (trecho da última mensagem deixada por Sabrina na noite de ontem”. ✨🙏🏼

A post shared by Fafá de Belém (@fafadbelem) on

 

Bruna Linzmeyer, modelo

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bandarra

    As denúncias que ela fez não foram comprovadas. As de abusos sexuais foi a holandesa que fez.

    Curtir

  2. Paulo Bandarra

    Denunciou criadoro de bebes negros para trafico ilegal de crianças para a Europa.

    Curtir

  3. Paulo Bandarra

    Rede de escravas sexuais no garimpo com esta finalidade.

    Curtir