Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Policiais ocupam área de risco em Curitiba

Por Da Redação 1 mar 2012, 12h30

Por Solange Spigliatti

São Paulo (AE) – Cerca de 450 policiais civis, militares e da Guarda Municipal de Curitiba ocuparam na madrugada desta quinta-feira, 1, uma das áreas consideradas vulneráveis ao tráfico de drogas na capital. Às 6 horas, o bairro Uberaba já estava completamente ocupado. Estão sendo cumpridos 34 mandados de busca e apreensão.

Não há prazo para o fim da operação, que terá prosseguimento com a implantação da primeira Unidade do Paraná Seguro (UPS). Além de reforço policial, serão oferecidos outros serviços públicos em parceria com as prefeituras. As unidades, que deverão ser implantadas em todo o Estado, são semelhantes às de Polícia Pacificadora (UPPs) instaladas nas favelas do Rio de Janeiro, mas sem a participação do Exército.

Segundo o secretário de Segurança Pública do Paraná, Reinaldo de Almeida César, o critérioutilizadopara a escolha da região foi técnico. De acordo com César, as unidades marcam nova época para a segurança pública no Estado, com investimentos em torno de R$ 500 milhões. A meta para 2012 é a implantação de dez unidades em Curitiba. Além disso, o governo está mapeando áreas de risco em seus maiores municípios, que também devem passar a contar com o serviço. As informações são da Agência Brasil

Continua após a publicidade
Publicidade