Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Policiais acusados de participar de grupo de extermínio são condenados a 18 anos de prisão

Os ex-policiais militares Anderson dos Santos Salles, Joaquim Aleixo Neto, Moisés Alves dos Santos e Rodolfo da Silva Vieira foram condenados nesta sexta-feira a 18 anos e 8 meses de prisão em regime fechado, por homicídio duplamente qualificado, abuso de autoridade e violação de dever inerente ao cargo.

Os réus são acusados de assassinar Antônio Carlos Silva Alves, portador de deficiência mental, em outubro de 2008. Na época do crime, a vítima tinha 31 anos. Alves foi encontrado com a cabeça decapitada, as mãos decepadas e um corte na barriga em forma de cruz.

O grupo de extermínio formado por policiais do 37º Batalhão da PM em São Paulo ficou conhecido como ‘Highlanders’. O nome é uma alusão ao filme estrelado por Christopher Lambert e Sean Connery na década de 80, em que guerreiros cortavam a cabeça de seus inimigos. Segundo a polícia, a cabeça e as mãos das vítimas eram cortadas pelos policiais para dificultar a identificação.

(com Agência Estado)