Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Polícia investiga tiro em adolescente no Complexo do Alemão

Parentes afirmam que Evandro Luciano de Oliveira saiu de casa para ir à quitanda, quando foi alvejado por policiais da UPP da Fazendinha. PMs negam essa versão

Por Da Redação 30 abr 2012, 12h51

Um adolescente de 15 anos foi baleado no domingo no morro da Fazendinha, no Complexo do Alemão. O tiro atingiu as costas e perfurou o peito de Evandro Luciano de Oliveira, que foi levado para o Hospital Salgado Filho, no Méier, na zona norte do Rio. Parentes disseram à Rede Globo que o jovem saiu de casa para comprar frutas em uma quitanda próxima de casa. Durante patrulhamento, PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) teriam atirado contra um grupo perto de Evandro. Policiais negam os disparos.

Segundo moradores, o local onde Evandro estava é conhecido por ser um ponto de consumo de drogas. Familiares encontraram uma capsula de bala na localidade onde o jovem foi alvejado e levaram o material para a delegacia. A perícia cuidará de dizer se o tiro partiu da arma de um policial. Os PMs que estavam de plantão na tarde de domingo serão interrogados.

“No meio do caminho os policiais saíram de um beco, começaram a dar tiros em cima das pessoas que estavam usando droga, e acertaram um tiro nele”, disse uma testemunha ao telejornal Bom Dia Rio, da Rede Globo. O adolescente não corre risco de morrer. Desde a implantação da UPP na Fazendinha, há duas semanas, não tinha sido registrado um caso parecido.

LEIA TAMBÉM:

A delicada construção da paz no Alemão

O desafio de falar a língua do Alemão

Comandante militar do Leste admite que houve excessos do Exército no Alemão

Continua após a publicidade
Publicidade