Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Polícia investiga morte de dois soldados da PM na Grande São Paulo

Policial foi morto em tentativa de assalto no Jaçanã, Zona Norte da capital paulista

Por Da Redação 6 abr 2015, 16h53

A Polícia Civil investiga a morte de dois policiais militares no domingo na Grande São Paulo. O soldado Silvio de Souza, de 28 anos, foi encontrado morto dentro de um carro em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo. A outra vítima foi o soldado Rafael Lisboa Porto, assassinado após reagir a uma tentativa de assalto, no bairro de Jaçanã, na Zona Norte de São Paulo.

Porto foi assassinado em uma tentativa de assalto a sua residência. Os criminosos inventaram que procuravam uma bola de futebol que havia caído no quintal, mas atiraram contra o policial depois que ele abriu a porta, de acordo com a Polícia Militar. O crime aconteceu por volta das 20h40. O soldado reagiu e houve troca de tiros, na qual o policial e um dos suspeitos acabaram atingidos. Dois ladrões conseguiram fugir pelos fundos da residência.

A vítima, que pertencia ao 43º Batalhão da Polícia Militar (43º BPM/M), chegou a ser socorrida para o Hospital Mandaqui, também na Zona Norte, mas não resistiu aos ferimentos. Com auxílio de helicóptero, policiais fizeram buscas em hospitais da região para tentar encontrar os outros suspeitos.

Um revólver usado pelos bandidos foi apreendido pela PM na casa do soldado. O caso foi registrado no 20º Distrito Policial (Água Fria), mas será encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Leia também:

Alckmin diz ter demitido mais de 500 PMs em 2014

Maioria dos mortos em São Paulo é homem, branco e jovem

Continua após a publicidade

PM começa a substituir Forças Armadas no Complexo da Maré

Inquérito vai apurar ação de PMs que resultou em morte de menino

Também está em investigação o assassinato do soldado Souza, que teve o corpo encontrado em um carro abandonado na altura do quilômetro 22 da Rodovia Ayrton Senna, em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo. A Ecovias, concessionária que administra a rodovia, acionou a Polícia Rodoviária Estadual após perceber que um Renault Sandero, de cor vermelha, havia sido deixado na pista. Quando os policiais chegaram, o policial já estava morto.

Dentro do veículo, foram encontrados documentos da vítima. Souza trabalhava no 38º Batalhão da Polícia Militar (38º BPM/M). O caso foi registrado como homicídio e será investigado pelo 8º Distrito Policial (Vila Nova Cumbica) de Guarulhos. As investigações terão apoio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Mortos pela PM – Ainda em Guarulhos, um policial militar de folga reagiu a uma tentativa de assalto e matou duas pessoas. O agente jantava com a família em uma pizzaria, quando dois criminosos entraram no estabelecimento e anunciaram o roubo. O policial ficou ferido no tiroteio e os dois bandidos morreram no local.

Um dos clientes também ficou ferido e foi levado para o Pronto-Socorro Maria Dirce, em Guarulhos. O caso foi registrado no 7º Distrito Policial (Jardim Cumbica), de Guarulhos.

(Da Redação)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês