Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Polícia investiga a morte de Leila Lopes, que pode ter cometido suicídio

Por Da Redação 3 dez 2009, 06h53

A morte de Leila Lopes está sendo invetigada pela Polícia Civil, que abriu inquérito na manhã desta quinta-feira, logo após a atriz ser encontrada morta no apartamento onde morava, no Morumbi, Zona Sul de São Paulo.

Há suspeita de que ela tenha cometido suicídio, já que, segundo a polícia, foram encontrados no quarto da atriz embalagens de remédios vazias e um prato com chumbinho – veneno de rato – misturado à comida. Também havia uma carta de várias páginas escrita por Leila para a família e o namorado. Além disso, não há marcas de agressões nem sinais de arrombamento.

A testemunha que encontrou o corpo, por volta das 2h desta quinta-feira, era uma amiga da atriz – que mora no mesmo prédio. O namorado de Leila teria telefonado para a amiga, preocupado porque ela não atendia suas ligações. Um chaveiro foi chamado para abrir a porta do apartamento de Leila, que estava caída em seu quarto, em frente à cama.

O assessor de imprensa de Leila Lopes, Cacau Oliver, informou que ela se sentia “ótima” de saúde, mas andava um pouco triste. “Falei ontem com a Leila. Estava muito decepcionada com relação ao trabalho. Estava apresentando um programa e tinha muitos problemas, cancelamentos constantes na gravações”, disse.

Idade – Natural da cidade gaúcha de São Leopoldo, a atriz tinha 50 anos, embora alguns registros indiquem dez anos a menos. Leila não comentava a idade. Em novembro passado, Leila passou por duas cirurgias, uma no intestino e outra para retirar um nódulo próximo ao útero. Segundo a família, o corpo deve ser velado e enterrado no Rio Grande do Sul.

Entre seus trabalhos na TV estão as novelas Pantanal, em 1990, quando interpretou Lúcia; O Rei do Gado, em 1996, fazendo o papel de Suzane; e Renascer, em 1993, no papel da professorinha Lu. A atriz também fez um ensaio fotográfico para a edição de março de 1997 da Playboy e entrou para o elenco da produtora de filmes pornográficos Brasileirinhas, com o filme Pecados e Tentações, lançado no ano passado.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade