Clique e assine com até 92% de desconto

Polícia Federal desarticula esquema de fraude tributária no DF

Golpistas provocaram rombo estimado em 300 milhões de reais aos cofres públicos

Por Da Redação 4 mar 2015, 11h40

A Polícia Federal (PF) no Distrito Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira uma operação para desarticular um esquema criminoso de fraude tributária, que pode ter causado rombo superior a 300 milhões de reais aos cofres públicos do DF. Ao todo, foram cumpridos na Operação Alerta sete mandados de busca e apreensão contra suspeitos de integrarem a quadrilha, em cinco endereços residenciais e dois escritórios ligados à organização.

Leia também:

Receita Federal começa a receber hoje declarações do IR

Swissleaks: Receita obtém lista com nomes de 342 brasileiros

Receita já recebeu 86 mil declarações de IRPF

De acordo com a PF, o bando entrava em contato com empresas que tinham dívidas tributárias e convenciam os donos de que poderiam “abater” os impostos não pagos à Receita por meio de compensação com créditos tributários de terceiros, prática não prevista na legislação tributária federal. A PF estima que aproximadamente 5.000 empresas tenham caído no golpe somente no Distrito Federal.

No final de janeiro, com o apoio da Receita Federal, a PF já havia desmontado esquema semelhante de fraude no Espírito Santo. Na ocasião, segundo dados da PF, foram identificados prejuízos aos cofres públicos de 72 milhões de reais e dez pessoas foram levadas para prestar depoimento.

De acordo com a PF, se o esquema criminoso ocorrer em outros estados, as cifras podem chegar a bilhões. De acordo com o órgão a Operação Alerta pretende estimular empresários a ficarem atentos ao golpe e, com isso, evitar prejuízos às empresas e à Fazenda Nacional.

(Com Agência Brasil)

Continua após a publicidade
Publicidade